Publicidade

quarta-feira, 16 de julho de 2014 Atores, Curiosidades | 23:17

Mark Wahlberg e Transformers: cinco razões para o casamento perfeito

Compartilhe: Twitter
Foto: divulgação

Foto: divulgação

1 – Mark Wahlberg é o astro mais rentável de Hollywood hoje, de acordo com a última atualização da revista Forbes. Ele gera U$ 23 a cada dólar investido.

2 – Diferentemente de Shia LaBeouf, Wahlberg curte esses filmes gigantescos e megalomaníacos que Hollywood adora fazer e aos quais a série dirigida por Michael Bay se alinha.

3 – Ele não faz um filme ruim há muito tempo. O último foi a adaptação do game “Max Payne” em 2008

4 – Ele e Michael Bay se tornaram parceiros e amigos. Uma das condições para Bay voltar a dirigir um filme da franquia foi que Wahlberg estivesse à bordo. Juntos eles fizeram o divertido e sarcástico “Sem dor, sem ganho” (2013)

5 – Mark Wahlberg é um dos poucos caras na Hollywood atual que consegue mandar bem tanto na comédia como na ação e “Transformers” precisa de gente assim

Autor: Tags: ,

3 comentários | Comentar

  1. 53 John Carter 18/07/2014 1:01

    É fácil escrever sobre cinema quando não se manja porcaria nenhuma!
    Item 2 – alguma vez o ator LaBeouf disse publicamente que não curtia estar no elenco do filme? Acho que não! Quem reclamou certa ocasião foi a gostosinha da Megan Fox (quem acompanha sabe da história), inclusive depois disso sua carreira deu uma descida legal; alguém a viu fazendo algum filme de nome nos últimos tempos?
    Item 3 – então o “especialista” aqui não tem visto muitos filmes do Wahlberg. No caso seria questão de gosto, e para o “dito cujo manjador do assunto” o último ruim foi Max Payne. Pegue um jogo de videogame e tente fazer uma história perfeita, consegue? O filme acompanhou a história do personagem do jogo, tinha muito o que fazer? Quer falar de filme ruim a pouco tempo? “Sem dor, sem ganho” – “Dose dupla”, aquele mesmo com Denzel Washington.
    Item 4 – parecia divertido até saber-se que se tratava de uma história baseada em fatos reais, onde tanto ele como os demais do elenco em nada se pareciam com as pessoas que deveriam parecer, e nesse tipo de filme tenta-se pelo menos chegar próximo da realidade e não aconteceu nem ferrando.
    Item 5 – não acho que seja um dos poucos… mas afinal de contas porque tanto “baba-ovo” para o Mark Wahlberg? Com certeza o cara é legal, o filme com ele deve ter ficado legal, mas não precisa se pendurar no saco do cara, né meu?

    Responder
  2. 52 André Leal 17/07/2014 7:21

    Sugiro um link para denunciar erros no texto. No item 3 saiu: “3 – Ele não faz um filme ruim a muito tempo.”, no lugar de “3 – Ele não faz um filme ruim há muito tempo”.

    Tentei usar o “Fale conosco” para não publicar essa mensagem, mas ele não está funcionando. Quando se tenta acessar o link aparece a mensagem: “Desculpe! A página que você tentou acessar não existe ou pode ter sido removida.”

    Responder
  3. 51 Korben 17/07/2014 0:39

    Sinceramente, “SEM DOR, SEM GANHO” não é lá tão divertido assim. Parecia uma comédia, porém ao saber que se tratava de um filme baseado em fatos reais, perdeu a graça. Sem contar que geralmente para esse tipo de filme, são escolhidos atores parecidos ou que possam ficar, assim como àquele na qual estão interpretando, e tanto Wahlberg quanto Dwayne em nada se parecem com as pessoas que deveriam parecer. Portanto pode colocar esse filme na conta de “ruim” do Wahlberg. Teve também aquele com Denzel Washington, “DOSE DUPLA”, “assistível”, mas nada que chegue a empolgar.

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios