Publicidade

quinta-feira, 30 de outubro de 2014 Curiosidades, Filmes | 05:00

Crítica internacional se divide sobre “Interestelar” e muitos já sepultam suas chances no Oscar

Compartilhe: Twitter

A cada novo filme, Christopher Nolan mais se afasta da unanimidade que um dia avistou. Tim Robey, do inglês “Telegraph” diz que o cineasta chegou perto de fazer sua primeira obra-prima, mas que não foi desta vez. O prestigiado Toddy McCarthy, do “The Hollywood Reporter”, escreve que “o filme é uma resposta pessoal a ‘2001 – uma odisseia no espaço’ e que apresenta resultados mistos”. Scott Feinberg, especialista em premiações da mesma publicação, descartou o filme nas categorias nobres do Oscar 2015.  “Em determinado momento, o filme perde a coerência narrativa que definiu os primeiros e complexos trabalhos de Nolan“. Para outro site especializado em prêmios, o “The Wrap”, “Interestelar” congrega o melhor e o pior do cineasta. Se por um lado, o filme impressiona por sua concepção visual arrojada, decepciona pelas resoluções dramáticas corretas e previsíveis, advoga Alonso Duralde, crítico do site.

Christopher Nolan dando orientações no set de "Interestelar" (Fotos: divulgação)

Christopher Nolan dando orientações no set de “Interestelar”
(Fotos: divulgação)

A produção, que teve custo estimado em U$ 165 milhões, está atualmente em fase de promoção mundial. O filme só estreia mundialmente na próxima semana. No Brasil, o filme será lançado no dia 6 de novembro. O elenco traz Matthew McConaughey, em alta após a conquista do Oscar por “Clube de Compras Dallas”, Anne Hathaway (“O diabo veste Prada”), outra atriz oscarizada, e Jessica Chastain (“A hora mais escura”), atriz muito perto de ser oscarizada.

A Warner Brothers, estúdio responsável pela produção do filme, deu carta branca para Nolan. Na verdade, desde que ele recolocou o universo do Batman nos trilhos, o estúdio tem concedido certa liberdade para o cineasta. Logo após “Batman Begins” (2005), ele fez o excelente filme sobre a obsessão que movia a rivalidade entre dois mágicos na Inglaterra vitoriana de “O grande truque” (2006). Depois de “O cavaleiro das trevas” (2008), veio o ambicioso “A origem” (2010). Após o desfecho da trilogia do Batman, com “O cavaleiro das trevas ressurge” (2012), chega este “Interestelar” . Apesar das críticas mais adversas do que o esperado, ninguém antecipa um fracasso de bilheteria. Por mais improvável que seja, um revés de Nolan nas bilheterias poderia significar o cerceamento da liberdade de um dos poucos cineastas a gozar dela no cinemão ianque.

Queixas de pouco humor e do excesso de solenidade, principais argumentos de quem tem resistência ao cinema de Nolan, se intensificaram nas primeiras resenhas de “Interestelar”. Mike Ryan do “ScreenCrush” disse que “Interestelar” é um bom filme que tenta desesperadamente ser importante. Já a “Variety” saúda essa ambição do filme de Nolan como algo “necessário no hesitante mainstream de hoje”.

Autor: Tags: , , ,

1 comentário | Comentar

  1. 51 Thiago Miotq 08/11/2014 14:38

    Quando 2001 foi lançado, crítica torceu o nariz e o filme competiu ao Oscar. Ou seja, esses críticos são saudositas e covardes. Falta coragem para apontar e dizer: novo clássico.

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios