Publicidade

sábado, 27 de dezembro de 2014 Filmes, Listas | 10:28

Retrospectiva 2014 – Os dez grandes personagens do ano no cinema

Compartilhe: Twitter

10 – Lucy (Scarlett Johansson) no filme “Lucy”

personagens - Lucy

Uma jovem alienada que se transforma em mula (para transporte de drogas) e que vira uma heroína superpoderosa. Essa é Lucy, que vê a capacidade de uso do seu cérebro aumentar vertiginosamente após ingerir uma determinada substância no descolado e original filme de Luc Besson. Lucy é a principal porta-voz, nas bilheterias principalmente, de um movimento feminista que o cinema viu em 2014 com o sucesso de produções como “Malévola”, “Divergente” e “A culpa é das estrelas”.

9 – Woody Grant (Bruce Dern)  em “Nebraska”

personagens - woody

Você já se sentiu injustiçado pelo rumo que a sua vida tomou? É mais ou menos assim que Woody se sente, mas o personagem defendido com bravura por Bruce Dern rejeita assumir sua cota de responsabilidade na vida que agora se encontra no derradeiro ato. Passa por aí o desejo irrefreável de sacar um prêmio que não existe. Intragável de um jeito doce, Woody representa o fracasso que tentamos esconder embaixo do tapete.

8 –  Cornelia (Luminita Gheorghiu) em “Instinto materno”

personagens - Cornelia

Que mãe não faria tudo por seu filho? Nesse poderoso exemplar do cinema romeno, Cornelia personifica o paraíso e o inferno dessa constatação. Depois que seu filho se vê envolvido no atropelamento e morte de um menino pobre, Cornelia se engaja de corpo e alma para evitar que seu filho vá para a prisão. O desprendimento dessa mãe, que por vezes ultrapassa certos limites éticos, confere sentido à pergunta que todos veem como clichê.

7 – Gretta (Keira Knightley) em “Mesmo se nada der certo”

Personagens - Gretta

Depois de abandonada pelo namorado, enamorado com a fama conquistada como cantor, Gretta se vê só e triste pelas ruas de Nova York. Instigada por um produtor musical decadente que vê nela uma estrela adormecida, Gretta decide cantar as composições agridoces de um repertório muito pessoal. Iluminada pelo jeito dengoso de Keira Knightley, a personagem é a mais solar e vibrante da lista e, possivelmente, do cinema em 2014.

6 – Johanna Parry (Kristen Wiig) em “Amores inversos”

personagens - johanna

A apatia pode ser apenas aparente? Essa personagem melancólica e, ainda assim, extremamente cativante sugere que sim. Por trás de uma timidez e de uma ingenuidade acintosas, Johanna esconde uma fé no ser humano e um amor ao próximo que chocam por parecerem totalmente inadequados aos tempos em que vivemos. Aos poucos, ela vai mudando a vida daqueles com quem passa a conviver, especialmente o ex-presidiário traumatizado interpretado por Guy Pearce.

5 – Romina (Erica Rivas) em “Relatos selvagens”

personagens - Romina

Imagine descobrir no dia do seu casamento que aquele que agora é seu marido já estava te traindo e que ainda convidou o affair para a cerimônia? Esse horror se abate sobre Romina que reage como o turbilhão que se espera do sangue latino. Romina grita, dança, transa com o cozinheiro e faz muito, mas muito mais para exorcizar os fantasmas passados. Ah, se soltássemos mais vezes a Romina que existe em todos nós…

4 – Mason (Ellar Coltrane) em “Boyhood – da infância à juventude”

personagens  - Mason

Ver um personagem crescer no mesmo compasso que o ator que o interpreta foi uma experiência nova que 2014 proporcionou aos cinéfilos. Mason é um garoto como outro qualquer e podemos observar sua formação pelos olhos sempre carinhosos do cineasta Richard Linklater. Mas um garoto qualquer, como todos nós sabemos, vive momentos extraordinários.  Por mais comuns que eles sejam.

3 – Nick Dunne (Ben Affleck) em “Garota exemplar”

personagens  - Nick Dunne

A escolha óbvia seria listar Amy, a mulher de Nick que some no quinto aniversário de casamento deles. Mas se Amy vai se revelando fascinante com o tempo, Nick exala normalidade tremulante conforme o filme avança. No entanto seu aspecto banal é posto à prova à medida que a suspeita de que matou sua esposa vai se consolidando. Das escolhas que faz à representação de sua melhor versão, Nick é um enigma à altura de Amy. Ou vice-versa.

2 – Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) em “O lobo de Wall Street”

personagens  - jordan

Como um implacável lobo das finanças, Belfort é o único personagem da lista que tem ascendência na realidade. Carismático, profano, competitivo e extremamente perspicaz, Belfort faz o crime parecer algo menor do que de fato é. Essa malemolência o distingue como um tipo singular em nossa sociedade, que nos desperta misto de desprezo e admiração, e o torna necessário a Wall Street como o oxigênio é para nossa sobrevivência.

1 – Lou Bloom (Jake Gyllenhaal) em “O abutre”

Fotos: divulgação

Fotos: divulgação

Com um visual perturbador e uma atitude que, aos poucos, vai se revelando sociopata , Bloom é o personagem do ano pela urgência que nos aflige a investigá-lo dentro de nós mesmos e pelo horror que nos enseja quando finalmente o fazemos. Diferente de Belfort, que é real, Bloom é uma alegoria de nossa vergonha; e como tal é acachapante.

Autor: Tags: , ,

3 comentários | Comentar

  1. 53 Carlos N Mendes 27/12/2014 17:47

    80% são filmes americanos? O hollywoodcentrismo continua fortíssimo na imprensa brasileira.

    Responder
  2. 52 Edna Oliveira de Sant'Ana 27/12/2014 14:07

    Para cada personagem, Reinaldo, você fez o comentário na medida certa!

    Responder
  3. 51 joao carlos 27/12/2014 14:05

    brilhante avaliação e Jake Gyllenhaal, como primeiro colocado nesta breve dissertação fecha com chave de ouro perfeito.

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios