Publicidade

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Notícias | 05:00

David Fincher vai dirigir refilmagem de clássico de Alfred Hitchcock

Compartilhe: Twitter

Há certos filmes que não devem ser refilmados e há outros que só devem ser refilmados por certas pessoas. Em uma dessas felizes coincidências, a Warner pode ter achado o bilhete premiado dessas circunstâncias. O estúdio anunciou que David Fincher será o responsável pelo remake de “Pacto sinistro” (1951), um dos mais referenciáveis filmes de Alfred Hitchcock e que marcou o início promissor da chamada “fase americana” do cineasta que ainda teria outros destaques como “Psicose”, “O homem que sabia demais”, “Janela indiscreta”, “Intriga internacional”, entre tantos outros.

O ator Ben Affleck e o diretor David Fincher (Foto: Getty)

O ator Ben Affleck e o diretor David Fincher
(Foto: Getty)

 

“Pacto sinistro” conta a história de Bruno, tipo obscuro que propõe a um estranho em um trem uma troca de assassinatos. O estranho em questão é um tenista profissional preso a um casamento infeliz. Bruno mataria a esposa que recusa o divórcio e o tenista mataria o pai tirano de Bruno que se recusa a morrer. O tenista não cumpre sua parte do pacto, jamais celebrado de forma taxativa, mas vê Bruno cumprir a sua e passar a assediá-lo.

Trata-se de uma das maiores obras-primas do gênero suspense. Um filme vanguardista em muitos aspectos, desde a movimentação de câmera até desenlaces narrativos. Adaptado da obra de Patricia Highsmith, o filme rendeu inúmeras discussões entre Hitch e o romancista e roteirista Raymond Chandler.

Na nova versão, um ator de cinema em época de Oscar recebe uma carona de um excêntrico e misterioso milionário em seu avião particular até Los Angeles. Ben Affleck viverá o ator. Trata-se da reedição da parceria estabelecida em “Garota exemplar”, um dos melhores filmes do ano. Além de Affleck e Fincher,  Gillian Flynn – autora de “Garota exemplar” e roteirista da versão para o cinema – está em negociações com o estúdio para escrever o roteiro. Flynn seria uma das condições de Fincher para assumir a direção do longa-metragem.

Apesar do entusiasmo gerado pela notícia, não custa lembrar que a última tentativa de refilmar Hitchcock, realizada por outro notável cineasta (Gus Van Sant), resultou em um péssimo filme. O “Psicose” de Van Sant é uma refilmagem quadro a quadro do clássico de Hitchcock, mas sem a mesma tensão e carga imaginativa. Mas Fincher, até hoje não errou. O crédito é muito grande.

Farley Granger e o inesquecível Robert  Walker, como Bruno, no 'Pacto sinistro" original (Foto: divulgação)

Farley Granger e o inesquecível Robert Walker, como Bruno, no ‘Pacto sinistro” original
(Foto: divulgação)

Autor: Tags: , , , , ,

1 comentário | Comentar

  1. 51 JSM 15/01/2015 9:58

    A roteirista de Garota Exemplar é uma das exigências de Fincher para refilmar Pacto Sinistro?!
    Vejamos quantos furos tem o roteiro de Garota Exemplar, que não passa de uma sessão de Supercine com grife:
    – um vizinho ouve o grito do marido quando este entra em casa e descobre que a esposa desapareceu. Ele teria ouvido os supostos gritos da briga do casal antes do ‘crime”. Mas a polícia não investiga isso…

    – numa cidadezinha como aquela ninguém percebe um caminhão semanalmente chegando com compras de TVs e jogos parando diante da mesma casa?

    – a esperta Gone Girl esconde as compras numa casinha no quintal da casa da cunhada e os vizinhos e a cunhada não percebem?

    – a esperta Gone Girl desaparece, estaria traumatizada e não quer dar na vista, mas anda com milhares de dólares numa pochete aberta e vai jogar minigolfe com estranhos?

    – a espertíssima desaparecida marca um encontro com ex-namorado num local secreto sem câmeras de vigilância e ninguém por perto: um cassino!!!

    – a polícia não investiga as horas em que a câmera da mansão flagrou a desaparecida sendo bem tratada. no depoimento pós-reaparecimento, a esposinha ainda diz aos policiais: “olhem as fitas, está tudo gravado”! Se as fitas com as gravações dos outros dias do seu “cativeiro” desapareceram, a polícia deve suspeitar. Se estão intactas, então a desaparecida será pega mentindo!

    – os experientes investigadores do FBI fazem carinha de compadecidos e só a policial que não fez seu trabalho direito fica desconfiada!

    – no depoimento aos policiais, a esposa ainda está com sangue no pescoço. apesar de já ter ficado no hospital ninguém limpou esse sangue!

    e essa é a roteirista que Fincher exige! Fincher é um cineasta inteligente – ele sabia de todos esses furos no enredo. Mas that’s all entertainment, baby. Que pena.

    Responder
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios