Publicidade

quinta-feira, 3 de setembro de 2015 Análises, Atores, Bastidores | 17:19

O novo James Bond e a resistência a Idris Elba para o papel

Compartilhe: Twitter
Idris Elba, o favorito já muito contestado para substituir Daniel Craig (Foto: reprodução/independent)

Idris Elba, o favorito já muito contestado para substituir Daniel Craig (Foto: reprodução/independent)

À medida que se aproxima o lançamento de “007 contra Spectre”, novo filme do espião James Bond – o último com Daniel Craig como protagonista, mais se intensifica o bafafá em torno de quem irá substitui-lo na pele do agente secreto a serviço de sua majestade. Outro dia, Pierce Brosnan disse que já é tempo de termos um “James Bond gay ou negro”. Os pitacos quando não voluntariamente oferecidos são cobrados, como ocorreu em uma entrevista do Daily Mail com o autor do novo romance de 007 (“Trigger mortis”), o britânico Anthony Horowitz.

Questionado se Idris Elba (“Círculo de Fogo, “Mandela – a luta pela liberdade”) seria um bom James Bond, o escritor observou que falta “suavidade” ao ator. “Ele é um tanto áspero demais para o papel. Acho que ele é provavelmente muito da rua para interpretar Bond”. Depois da repercussão negativa nas redes sociais, o escritor retratou-se: “Sinto muito se ofendi as pessoas. Não foi minha intenção. Não sou um diretor de elenco. Então o que eu sei? Indelicadamente escolhi a expressão ‘da rua’ porque tinha em mente a interpretação dele do detetive John Luther (personagem vivido pelo ator em série inglesa), mas devo admitir que foi uma escolha pobre de palavras”.

Esta não foi a primeira vez que Elba se vê no centro de uma polêmica envolvendo James Bond.  Os boatos começaram em 2012 e, no ano passado, no calor do escândalo dos vazamentos de documentos da Sony Pictures, foi revelado que Elba era mesmo considerado como uma opção para assumir o personagem por ninguém menos do que a então presidente do estúdio, Amy Pascal.

No início do ano, Elba se pronunciou a respeito do rumor e disse que de tão efusivo, o boato se autodestruiu. “Se existia alguma chance de eu viver James Bond, ela se foi”. O ator, que completa 43 anos no próximo domingo, responsabilizou o atual James Bond pela onda de boatos. “Eu culpo Daniel”, observou o ator sobre uma entrevista de Craig na ocasião do lançamento de “Operação Skyfall” em que listou Elba como um potencial substituto.

É importante ter em mente que um James Bond negro é completamente distinto da concepção original de Ian

Foto: reprodução/GQ

Foto: reprodução/GQ

Fleming, mas um James Bond loiro, baixo e de beleza aberta à discussão também o era. Razão pela qual o leitor pode até não lembrar, mas o nome de Daniel Craig foi bastante contestado quando anunciado (Clive Owen era o favorito da produtora Barbara Broccoli, mas recusara).  Há tradições que precisam ser mantidas e outras que podem ser dispensadas e Idris Elba parece ser o ator mais indicado para romper velhas tradições e estabelecer novas. Bonitão, sofisticado, charmoso, viril e com aquele ar blasé que só os britânicos possuem (com as devidas desculpas aos fãs de George Lazenby), Elba é um dos poucos atores capazes de substituir Craig à altura. A essência do personagem deve preponderar à raça. Parece ser mais importante ele ser vivido por um britânico – já que atua no serviço de inteligência britânico – do que ser branco, preto ou pardo.

A discussão em torno da raça e até mesmo da orientação sexual de Bond – quem não se lembra da tensão sexual entre Bardem e Craig em “Operação skyfall” – é reflexo do avanço dos direitos civis e liberdades individuais. Bond, vale lembrar, foi concebido em uma época de forte segregação racial e total obstrução à homossexualidade.

Passa por aí a declaração de Daniel Craig, muito repercutida no início da semana, de que seu Bond é menos “sexista e misógino” do que os anteriores. Personagem longevo que é, Bond vai sofrendo ajustes com o passar do tempo.

Elba seria um ajuste bem-vindo. Além de materializar um avanço histórico necessário, sua escolha seria pedagógica e eficiente. Porque acenaria ao mundo pós-racial com um poderoso símbolo da cultura pop sem qualquer tipo de concessão em matéria de qualidade. Elba, afinal, é um baita ator. Não se trataria de uma cota a ser preenchida. Apenas de se superar uma resistência boba. James Bond já foi mais engraçado, mais mulherengo, mais violento e até mais inseguro. Já chegou a hora de ser mais preto.

Autor: Tags: , , , ,

33 comentários | Comentar

  1. 83 EVANDRO DANTAS 21/01/2016 17:25

    que besteira, criem um personagem negro matem o 007 e inventem um 008 ou 006, respeitem os fãs. que absurdo 007 é só um e não é Negro, Pelé, Sidney Potier, Denzel, Morgam são negros

    Responder
    • Wendell 28/04/2016 15:47

      Você sabe que 007 é só um codinome não sabe? Até um japones pode ser o 007.
      Gente tapada…

      Responder
  2. 82 Ed Santos 16/11/2015 14:42

    Colocar o Idris Elba pra viver o Bond nos cinemas é o mesmo que por o Ryan Gosling pra fazer o Pantera Negra.

    Responder
  3. 81 Gabriel Mendes 28/10/2015 21:34

    isso ai velho, nenhum dos outros bonds se comparam a Sean Connery

    Responder
  4. 80 Thiago 19/10/2015 8:54

    O cara é fera… acho que ele seria um Bond ideal…dos que eu via até agora esse cara esta na frente, tem cara de Bond!

    Responder
  5. 79 Thirso 18/10/2015 21:59

    E para completar o absurdo, ele poderia ser gay e eviciado em crack !

    Responder
  6. 78 Dennis Freitas 04/09/2015 23:01

    Excelente escolha. Gostei da atuação dele em Thor e Motoqueiro fantasma (espírito de vingança, se não me engano….). Considero um bom ator e que pode fazer boas sequências de ação.

    Responder
  7. 77 Sergio Machado 04/09/2015 6:19

    Craig foi o Bond mais verossímil. Qualquer um depois dele terá muita responsabilidade.

    Responder
  8. 76 Korben 04/09/2015 1:12

    Caras, vamos pensar o seguinte: se for para agradar a todas as “classes”, então vamos ter um Batman negro, um Superman africano… vamos então colocar um ator chinês para interpretar JAMES BOND, afinal se é para avacalhar, que seja de maneira magistral. A questão não é racismo, a questão não é se ELBA é bom ator ou não, simplesmente é porque o personagem não foi concebido para esse estereotipo. Em 50 anos de 007, sempre tivemos atores brancos e ele foi criado assim por IAN FLEMING. Teve algumas mudanças no cinema (umas para melhor e outras para pior), mas isso – a característica da pele – não dá para mudar.
    E se levarmos em consideração, Elba já estaria com os dias contados na pele do agente, afinal já passou dos 40. Quantos filmes faria? Dois?
    Tem alguns caras que poderiam – talvez – dar conta do recado. Pegando carona na onda do BOND loiro, porque não colocar o Paul Bettany? Ou então o Gerard Buttler? Ambos passaram dos 40 também, mas já se encaixariam melhor no “esquema”. Ou então quem sabe o ator Mathew Goode, o cara ainda está abaixo da média de idade e poderia fazer um estilo de BOND como Roger Moore. Pesquisando, sempre será possível encontrar alguém que se encaixe na “nova geração” para fazer BOND.
    E o “PIERÇÃO” pisou na bola: dizer que está na hora do 007 gay? Putsquipariu, aí (com todo respeito) esse não fará parte da minha coleção! Aí teremos os BOND BOYS?
    Não fazem cagança como fizeram com o Fantastic 4…. PelamordeDeus!!!!!!!

    Responder
  9. 75 Raymundo 04/09/2015 0:30

    Com certeza, vai ser um sucesso de bilheteria. Os ingleses, não fazem filmes sem que tenham a clara medida da aceitação do público. Esta, é a medida do retrono do investimento.

    Responder
  10. 74 Carlos Henrique 03/09/2015 23:59

    Por que o NEGRO Idris Elba deve ser o novo 007.
    O curioso é que ninguém fala o BRANCO Daniel Craig. Só fala o nome do ator.
    Se não for branco, tem que falar NEGRO?

    Responder
  11. 73 cristiano 03/09/2015 23:37

    Não vejo nenhum problema em 007 negro , pra é normal. Agora en relação a sexualidade. Tem que ser HÉTERO

    Responder
  12. 72 José Maurício 03/09/2015 23:16

    Não sou racista, já fui casado com uma negra, mas para o papel de James Bond, não acredito que vai pegar.Ao longo de seus mais de 50 anos de história, 007 manteve-se como uma linha padronizada de atores para o papel.

    Responder
  13. 71 lucas e orelha 03/09/2015 22:58

    sou mais o lázaro ramos pq não?

    Responder
  14. 70 luiz 03/09/2015 22:26

    E porque não um 007 negro? qual o problema ? é a cor da pele? as pessoas estão muito preocupadas com a cor da pele da pessoa…. A carolina Muniz disse que não tem como mudar a cor do ator… paulo pereira, porque não mudar o personagem Sidney Poitier do mestre com carinho???
    ENQUANTO A COR DA PELE FOR MAIS IMPORTANTE DO QUE OS BRILHOS NOS OLHOS, O RACISMO NUNCA VAI ACABAR!!!!!!

    Responder
  15. 69 Adnilso Nery 03/09/2015 20:30

    Santa ignorância desse povo!
    A Inglaterra é um País multirracial e, assim sendo, independente do ator apontado, um agente especial pode ser até de cor amarela.

    No presente caso, atentemos, apenas, para a qualidade do ator!

    Responder
  16. 68 Marvel Comics 03/09/2015 20:21

    O assunto é polêmico, mas a bilheteria vai calar a boca de todo mundo. Se o público aceitar, milhões de dolares será a resposta, senão, que amarguem o prejuízo. Eu, que sou tradicional e não sou racista já antecipo, para mim um filme de James Bond com um ator afro descendente não tem nada a ver. James Bond incorpora um agente britânico top secret, pertencente ao serviço secreto que faz referência ao M5. Pode ser que hoje em dia haja agentes afros no M5 inglês, mas na época em que Ian Fleming escreveu e criou o herói isto não acontecia. Viviamos tempos de segregação. Talvez modernizar seja bom, mas eu estou fora. Estas tentativas de recriar os super heróis com personalidade alterada não me agradam. Nos originais Lanterna Verde não era bicha, Batman combatia o crime com seu irmão Robin, Super Homem não tinha fraquezas humanas, Homem de Ferro era invencível e o Hulk não reconhecia ninguém quando transformado. Capitão América viveu nos anos 40, dificilmente teria sobrevivido até hoje, já que não era um deus e Thor vivia entre nós como um médico. Seria melhor se inventassem novos heróis do que ficar estuprando os tradicionais.

    Responder
    • Ciara 03/09/2015 23:14

      O povo brasileiro nunca assistiu a um filme do tipo Blaxploitation, por isso a rejeição de um Black 007!

      Responder
  17. 67 Osmair Cândido 03/09/2015 19:59

    Qualquer coisa pode encher os olhos de alienados, a realidade do super, ultra, mega agente inglês está em uma estação de metrô, há uma foto de um jovem brasileiro morto a balas.
    Podem retirar de cartaz o 007 bretão, saxônico e retirar também a foto do homicídio estúpido, sempre haverá um cinema exibindo o que seria ótimo para o eurocentrismo.

    Responder
  18. 66 Walter Jr 03/09/2015 19:55

    Acho legal, não pela cor ou outra coisa que o valha, e sim pelo biotipo do ator. Bond nasceu sofisticado, e portanto deve permanecer assim. Faz parte da história do personagem. O resto é besteira. Até ex-Bonds opinam e o fazem de maneira irresponsável. O personagem de Fleming o idealizou dessa maneira e é assim que o público quer. Acho Elba um bom ator e capaz de se impor nessa empreitada. Boa sorte se for o caso.

    Responder
  19. 65 Balder Viana 03/09/2015 19:54

    Nesse caso vamos pedir para colocar um ALEX CROSS branco.Cada personagem de suas caracteristicas.

    Responder
  20. 64 José Augusto 03/09/2015 19:45

    Só lembrando e corrigindo o autor da matéria que Idris Elba não só fez Círculo de Fogo e Mandela mas também está no elenco do filme Thor (nos dois filmes) como Heimdall guardião de Asgard e que controla a Bifröst, com toda a certeza ele continua como guardião nos próximos…

    Responder
  21. 63 Janaina 03/09/2015 19:32

    O 007 agora é matador. 007 não é uma pessoa é uma cargo… então foda-se!!! Bota um viadão dando tiro, bota o negão bi e fim de papo… O Craig mandou bem e pegou o novo estilo MATAADOR. Agora bota o afro pegando geral e queimando rosca no final… pá pá pá.

    Responder
    • Fabiano 06/10/2015 15:52

      Bom,se vc nao tem respeito pelos personagens,ok,e um direito seu,mas para todo o resto q preza por tradicao,respeito ao personagem e coerencia,isso nao faz sentido.Tem q se respeitar a historia dos personagens,se nao,cada filme sera um samba do crioulo doido!!

      Responder
  22. 62 Janaina 03/09/2015 19:24

    Que se foda!!! Bota o cara lá… Só tem um problema. O 007 depois do Craig não é mais o mesmo… puta responsa!

    Responder
  23. 61 Cícero Campos 03/09/2015 19:23

    Nossa algumas pessoas não sabem nada sobre o personagem, o 007 é um agente e Bond é o seu nome independente da cor da pele dele, acho muito válido que o Elba seja levado em consideração, James Bond é atemporal e já estamos em outra época, vi todos os filmes, sou fã incondicional da série. E acho que essa escolha é a melhor.

    Responder
    • fred o+ 03/09/2015 19:48

      PALHAÇADA, DIGO NOVAMENTE PALHAÇADA, ENTÃO FAÇA UM FILME E COLOQUE COMO PERSONAGEM UM SACI BRANQUELO, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Responder
  24. 60 Ronaldo 03/09/2015 19:13

    Quando fizer o próximo filme da branca de neve é só chamar a Halle Berry.

    Responder
    • KURT ZIRKUIT 03/09/2015 21:11

      E para o papel dos 7 anõezinhos talvez convocarem Magic Johnson, Michael Jordan , George Foreman, Shaquille O,Neal, , etc, etc.

      Estão distorcendo tudo. Logo, logo vão nomear o Pai Tomás como sendo o inventor da lâmpada.

      Menos, Batista, menos.

      Responder
  25. 59 Eloi 03/09/2015 18:48

    Nao sou racista e nem homofobico,mas essa preçao de que tudo tem que ser bem destacado nos filmes,gays e cor de pele,estou com medo de que eu acabe apanhando em algim lugar por ser branco e dizer que sou casado com uma mulher.tudo que e demais nao prezta

    Responder
  26. 58 MAC TREFFE 03/09/2015 18:35

    Sem querer parecer racista . James Bond foi criado por Ian Fleming, e desde sua gestação tratava-se de um britânico caucasiano.

    Fazer filme com um 007 James Bond afro descendente é o equivalente a fazer um filme biográfico de Mike Tyson ou Cassius Clay com Dolph Lundgren como protagonista.

    Uma coisa é uma coisa, e outra coisa e outra coisa.

    Já existem atores afro muito bons e com publico cativo mundial aos milhões equivalentes em filmes de ação , por exemplo Will Smith, Wesley Snipes , Denzel Washington, Ice Cube . Basta que algum cérebro talentoso crie um personagem da CIA para convocá-los.

    Como 007 James Bond não vai ser eu que irá assistir nem no cinema e nem na TV.

    Responder
    • luiz 03/09/2015 19:37

      Desde sua gestação tratava-se de um britânico caucasiano… Concordo meu amigo, mas o filmes rodaram , passou por varias estacoes…várias épocas… várias situações… As coisas mudam… o rei do box era um negro… Apareceu o Rock Balboa… Então porque não colocar um ator negro para atuar… acredito que aqui no Brasil exista um certo preconceito de cor sim… mas lá fora não tem isso…O cara é bom, ele entra…

      Responder
  27. 57 Sonia Areas 03/09/2015 18:19

    O ator Idris Elba, preenche todos os requisitos para o novo James Bond, Bonito, extremamente sensual, olhar misterioso, ótimo ator. Pelos vários trabalhos já exibidos, com o seu desempenho fabuloso, com requinte de um perfeito James Bond. Gostaria muito de velo nas telas de cinema, seria um grande sucesso. Bjs…..

    Responder
  28. 56 Victor 03/09/2015 18:13

    O problema é que FERRARAM COMPLETAMENTE com a história no último filme. Se James Bond fosse só um codinome para o agente número 007, qualquer um poderia atuar no papel, fosse negro, latino, gay, etc… mas do jeito que eles fizeram a história do último filme não tem como pois foi mostrado que James Bond é o nome real do agente, menino orfão que tinha pais ricos e bla bla bla… origem totalmente sem necessidade mas que engessou a história do personagem. Não tem como agora mudarem a cor ou raça do personagem. Ian Flemming tinha que sair do túmulo e matar esses malditos que estão deturpando completamente a história.

    Responder
  29. 55 Flavio 03/09/2015 18:10

    Gosto muito da série e acredito que tem alguns assuntos que não devam ser mudados, as pessoas tem que parar de querer enfiar negros e gays em todos os lugares a todo custo. Qual seria o problema de continuar um 007 Branco e Britânico ? Isso não torna a série racista ou homofóbica, apenas segue um padrão que está dando certo a décadas e todo mundo gosta, daqui a pouco vou ter que pedir desculpas por ser branco e hétero.

    Responder
    • Carolina Muniz 03/09/2015 19:02

      Concordo plenamente com seu comentario Flavio!

      Responder
  30. 54 ADRIANO 03/09/2015 18:04

    Já era tempo!!! A elegância e masculinidade têm que prevalecer. Não importando origem, cor ou qualquer outra forma de julgamento.

    Responder
  31. 53 Deise 03/09/2015 17:58

    IDRIS ELBA é um dos melhores atores da atualidade. Belíssimo, excelente ator, ótimo físico e com cara de James Bond com certeza…

    Responder
  32. 52 Paulo Pereira 03/09/2015 17:51

    Bond É sexista e misógino. É sua essência. Não se pode mudá-la, e vai chegar o dia em que vão querer “mudar” todos os personagens de filmes, livros etc. Em nome do que dizem ser “politicamente correto”. Ridículo. Bond é essencialmente “branco”, não se pode mudar isso. Da mesma forma que não se pode colocar um branco para viver o personagem de (por exemplo” “Ao Mestre com Carinho”, no lugar de Sidney Poitier.

    Responder
    • Carolina Muniz 03/09/2015 19:05

      Muito bem colocado. Os personagens sao criados com caracteristicas fisicas e comportamentais, como cor, descendencia e orientacao sexual que nao tem como mudar!

      Responder
  33. 51 Ademir 03/09/2015 17:47

    Gostei da sugestão do Pierce Brosnan de ter um 007 GAY, já estou imaginando as cenas de sexo que todos os 007 protagonizarão com lindas mulheres em todos os filmes, agora vai ser entre o 007 e um travecão, vai ser linda, esperar para ver. kakakakakaka!!!

    Responder
    • James Lessa 09/09/2015 18:10

      IDRIS ELBA ??? CARACA !!!! Cada vez mais sinto saudades da época do inigualável SEAN CONNERY ! O primeiro e ÚNICO 007 !!!!

      Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios