Publicidade

quinta-feira, 26 de maio de 2016 Atores, Bastidores | 07:00

Disputa pelo posto de Daniel Craig como James Bond está mais acirrada do que nunca

Compartilhe: Twitter
Tom Hiddleston, Idris Elba e Tom Hardy: favoritos para o papel (Foto: montagem sobre reprodução)

Tom Hiddleston, Idris Elba e Tom Hardy: favoritos para o papel
(Foto: montagem sobre reprodução)

Daniel Craig já bateu o pé e disse que não volta. Recentemente, o tabloide britânico Daily Mail noticiou que o ator rejeitara uma oferta de cerca de R$ 300 milhões para voltar a viver James Bond. Entre boatos, rumores e bastidores, é muito improvável que o astro britânico de 48 anos volte a viver o agente 007 no cinema.

Craig, e isso já foi dito fartamente, realocou o status de Bond no cinema e esteve à frente da safra de filmes mais lucrativa da franquia. Por estas razões, torna-se especialmente difícil substituí-lo. A caça, no entanto, já começou.

Idris Elba, um favorito dos fãs, é um nome ventilado há algum tempo. Recentemente o ator estrelou “Bastille Day”, um filme de espionagem britânico que muitos creem ter sido a formalização de sua candidatura ao posto de 007. Outro que apresentou uma credencial e tanto foi Tom Hiddleston. Mais conhecido por ser o Loki do universo cinematográfico da Marvel, o inglês impressionou na pele de um espião acidental na minissérie “The Night Manager”, adaptação da  obra de John le Carré pela BBC em parceria com o AMC. Barbara Broccoli, uma das principais produtoras do agente 007, já havia deixado escapar em uma entrevista que “conseguia ver Hiddleston” como James Bond. O ator desconversou, mas há muito buzz em torno de seu nome.

Leia também: O novo James Bond e a resistência a Idris Elba para o papel

Jamie Bell como Bond: será? (Foto: reprodução/Interview)

Jamie Bell como Bond: será?
(Foto: reprodução/Interview)

Ele, porém, não está sozinho no rol das preferências de Broccoli. Novamente segundo o Daily Mail, Broccoli estaria sondando Jamie Bell, ele mesmo, o Billy Elliot, para assumir o papel. Ela é a produtora do filme “Film Stars Don´t Die in Liverpool”, estrelado por Bell, e teria ficado impressionada com o ator. Se confirmada essa opção, Bell, aos 30 anos, seria o ator mais jovem a assumir o papel. Seria um caminho ousado demais para se seguir depois dos parâmetros estabelecidos pela fase de Craig. Justamente por isso, bastante improvável.

Eleição promovida pela versão britânica da revista GQ elegeu o novo Mad Max Tom Hardy como o preferido do público para substituir Craig. Elba foi o segundo mais votado. Hardy, assim como Craig, faz o tipo abrutalhado e poderia ser a escolha mais apropriada se a ideia fosse manter o tom dos filmes de Craig. Mas geralmente, os produtores promovem mudanças de tom de acordo com o intérprete. Sob essa leitura, as chances de Hardy seriam pequenas.

Quem já manifestou interesse em viver Bond foi o Superman Henry Cavill. O britânico, que viveu um agente da CIA no recente “O Agente da U.N.C.L.E” tem contra a sua declarada candidatura a exposição como o homem de aço.

Leia mais: “007 Contra Spectre” é retrocesso conceitual e narrativo na franquia

A mais improvável das candidatas, em um momento em que nem mesmo a saída de Craig é oficial, é a da  inglesa Gillian Anderson. Depois de um fã ter feito um pôster com ela como Jane Bond, Anderson disse que adoraria viver a primeira encarnação feminina do agente.

O sexuagenário espião a serviço de sua majestade pode não estar na iminência de uma mudança de sexo, mas está mais disputado do que nunca.

Autor: Tags: , , , ,

5 comentários | Comentar

  1. 55 Rodrigo Mendes 30/05/2016 19:07

    As falácias…é sempre a mesma coisa quando se trata de ir em busca de um novo James Bond. Craig foi especial, no começo todos odiaram a ideia de escalá-lo e depois se acostumam, rs é sempre difícil substituir um Bond, talvez o mais fácil tenha sido o George Lazemby, de longe o pior 007!
    Eu gosto do Idris Elba e acho que seria interessante, ao mesmo tempo em que Tom Hiddleston é a escolha perfeita. Tom Hardy já é o novo Mad Max, não sei se vê-lo em outra franquia é uma coisa boa, além do que acho ele bastante bruto para o papel. Quanto a Gillian Anderson? la bem que poderia estrelar um spin-off da série…seria demais!

    Parabéns pela matéria, Reinaldo!
    Abraço.

    Rodrigo
    http://cinemarodrigo.blogspot.com.br/

    Responder
  2. 54 Kamila Azevedo 27/05/2016 18:32

    Já que Daniel Craig não pode continuar como Bond, acho que podemos dar uma guinada radical na personagem com a crueza de Idris Elba!

    Responder
  3. 53 ELIZABETH REGINA MARQUES DE ALMEIDA 27/05/2016 1:35

    Prefiro o Idris Elba,

    Responder
  4. 52 Jair França 26/05/2016 16:55

    Craig realocou o status de Bond no cinema? Que bobagem! Ele foi o pior James Bond que já teve, sem expressão, sem estilo, ele acabou com a aura que o herói tinha. Seus filmes são horríveis (Quantun of Solace nem dá pra imaginar que é um filme de James Bond), sua atuação é péssima, isso sem falar nos demais personagens, completamente sem nexo, como aquele novo Q interpretado por aquele ator com cara de bobo em Skyfall. Aliás, aquele final do Skyfall parecendo um ESQUECERAM DE MIM é sofrível, como todo o filme.
    Lucrativo qualquer Bond seria hoje em dia, com o renascimento dos cinemas e a divulgação pela Internet, não dá pra comparar com os antigos. Enfim, graças a Deus que esse impostor vai parar de atentar contra a imagem do 007 e que venha um ator com, no mínimo, cara de James Bond, e com roteiros melhores que consigam resgatar o verdadeiro espírito do espião mais famoso do cinema

    Responder
    • Carlos Eduardo 31/05/2016 14:16

      Sou fã da franquia James Bond, acompanho desde criança, mas de fato o meu bond favorito é Daniel Craig. Acho que é uma questão de gosto. Cassino Royale com Daniel Craig é talvez o melhor filme de 007. Quantum of Solace é fraco mesmo.

      Responder
  5. 51 Matheus Silva 26/05/2016 10:08

    James Bond negro, sério? O Reino Unido com dois negros ocupando cargos importantes na inteligência, sério?

    Se fosse trama americana, eu até entenderia. Por lá, a exemplo do Presidente Obama, há um acesso maior dos negros, mas no Reino Unido?

    Já perguntaram pra Rainha se ela quer participar de vídeo promocional do lado de um negro?

    Mudem o nome da personagem para Jan Bondé que eu acreditarei que colocarão um negro protagonista. Pois, nem se fosse Jorge da Silva eu acreditaria.

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios