Publicidade

quinta-feira, 30 de junho de 2016 Filmes, Notícias | 19:42

Cinco filmes para ver em julho nos cinemas

Compartilhe: Twitter

O mês de julho costuma ser relacionado às férias escolares e há bons filmes na programação dos cinemas para atender a essa demanda. O Cineclube volta a apresentar mensalmente um guia para filtrar filmes para perfis diversos de público e que contemplem obras que mereçam ser descobertas, independentemente de gênero ou orçamento. A ideia é realizar uma curadoria para o leitor e cinéfilo. Vamos às opções deste mês.

 

“Procurando Dory”, de Andrew Stanton e Angus MacLane

(Já em cartaz)

Fotos: divulgação

Fotos: divulgação

A continuação do sucesso de 2003 é a principal estreia deste fim de semana nos cinemas brasileiros. “Procurando Nemo” valeu a Pixar seu primeiro Oscar na categoria de animação. Categoria esta que hoje domina e que deve ter “Procurando Dory” entre os indicados em 2017. O filme acompanha as desventuras da peixinha azul Dory, grande atração do filme original. Aqui ela tenta reencontrar sua família. Algo bem complicado já que ela sofre perda de memória recente. Com alguns flashbacks para mostrar a infância da personagem, o filme é o que se costuma chamar de uma graça.

“Julieta”, de Pedro Almodóvar

(Estreia em 7/07)

Julieta

O novo filme do cineasta espanhol, que tem um séquito de fãs numeroso no Brasil, chega depois de receber críticas divididas em Cannes. Trata-se de um melodrama característico de Almodóvar. Julieta (personagem vivida pelas atrizes Adriana Ugarte e Emma Suárez em diferentes fases da vida) é abandonada por sua filha e depois de passar por um tumultuado processo de luto se defronta com a possibilidade de tê-la de volta em sua vida. Essa premissa é o suficiente para Almodóvar tecer sua costumeira colcha de retalhos do universo do feminino e das complexidades entre mães e filhas, tudo com muita sensibilidade e sutileza.

“Dois Caras Legais”, de Shane Black

(Estreia em 21/07)

Dois caras legais

Shane Black é um dos caras mais inteligentes e bem-humorados em Hollywood. Mente por trás da franquia “Máquina Mortífera”, aqui ele faz uma nova contribuição ao subgênero “buddy movie” com Russell Crowe e Ryan Gosling como dois detetives para lá de atrapalhados, mas bem intencionados, que precisam investigar uma conspiração que envolve o assassinato de uma estrela pornô, a indústria automobilística e mais outras tantas idiossincrasias dos anos 70. É uma comédia de ação, com o pé no noir e com um colorido que vai te injetar uma vibe setentista na veia.

“De Longe te Observo”, de Lorenzo Vigas Castes

(Estreia em 21/07)

De Longe te observo

O último vencedor do Leão de Ouro em Veneza finalmente chega aos cinemas brasileiros. Primeira produção venezuelana a triunfar no lido, “De Longe te Observo” aborda a homossexualidade de uma perspectiva totalmente original. Armando costuma pagar rapazes para que o acompanhem até sua casa onde ele se masturbe diante da nudez deles. Quando um garoto líder de uma gangue local aceita o convite, a vida dos dois muda radicalmente.

“Jason Bourne”, de Paul Greengrass

(Estreia em 28/07)

Jason Bourne

Ele está de volta e se lembra de tudo, brada o slogan de “Jason Bourne”, quinto filme da franquia e o quarto com Matt Damon como protagonista. Paul Greengrass, diretor do segundo e do terceiro, que ajudou a redefinir o cinema de ação no século XXI, também retorna.

O elenco é full star e conta com Tommy Lee Jones e Vincent Cassell. Em um ano com confrontos de heróis na tela grande, este filme tem tudo para ser o filme de ação do ano.

Autor: Tags: , , , ,

3 comentários | Comentar

  1. 53 Kamila Azevedo 03/07/2016 20:33

    Cinco excelentes dicas, Reinaldo! :)

    Responder
  2. 52 Hercules 01/07/2016 9:12

    sempre vou ao cinema e verifico que os filmes que mais chama a tenção é de aventura e ficção, acredito que estamos cansados da mesmice do dia a dia.

    Responder
  3. 51 angelo 01/07/2016 7:36

    Ruim, muito ruim. Acabou a criatividade desses cineastas? Muita porcaria.

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios