Publicidade

sexta-feira, 23 de setembro de 2016 Curiosidades, Diretores, Notícias | 12:00

Fase mais obscura de David Cronenberg ganha retrospectiva em São Paulo

Compartilhe: Twitter
Cena do filme "Videodrome: A síndrome do vídeo" (Foto: divulgação)

Cena do filme “Videodrome: A síndrome do vídeo”
(Foto: divulgação)

As deformações que surgem em nós mesmos, resultado de mutações silenciosas e radicais provocadas pela ciência moderna e que transformam nosso corpo e mente. Esse é o tipo de horror – bizarro e obscuro – dos filmes do diretor canadense David Cronenberg selecionados para o ciclo Cronenberg Século XX que a Sala Drive-In do Caixa Belas Artes em São Paulo exibe, a partir desta sexta-feira (23) até o dia 5 de outubro.

Em duas semanas de mostra, serão exibidas dez produções de 1975 a 1991, a fase mais obscura de Cronenberg, que carrega a fama de “cineasta do bizarro”: “A Mosca”, “Videodrome – A síndrome do vídeo”, “Scanners – Sua mente pode destruir”, “Enraivecida na fúria do sexo”, “Gêmeos – Mórbida Semelhança”, “Os filhos do medo”, “A hora da zona morta”, “Calafrios”, “Escuderia do poder” e “Mistérios e Paixões”.

Para quem teve um primeiro contato com o cineasta canadense por meio de sua mais recente e verborrágica fase, em que se destacam filmes como “Cosmópolis” e “Um método Perigoso”, trata-se de uma excelente oportunidade para descobrir a visceralidade e o poder metafórico de um dos cineastas mais criativos do cinema em todos os tempos.

“Selecionamos os filmes mais antigos de David Cronenberg para que o espectador possa conhecer melhor a obra deste cineasta. Em seus primeiros trabalhos, Cronenberg usa de personagens e situações bastante excêntricas para questionar as hipocrisias da sociedade burguesa”, contextualiza André Sturm, diretor de programação do Caixa Belas Artes.

A programação completa pode ser conferida no site do Caixa Belas Artes.

Jeremy Irons em dose dupla no filme "Gêmeos – Mórbida semelhança", destaque deste sábado no Caixa Belas Artes (Foto: divulgação)

Jeremy Irons em dose dupla no filme “Gêmeos – Mórbida semelhança”, destaque deste sábado no Caixa Belas Artes
(Foto: divulgação)

Autor: Tags: ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios