Publicidade

segunda-feira, 26 de setembro de 2016 Curiosidades, Filmes, Notícias | 19:26

50 filmes independentes ganham 50% de desconto no NOW em outubro

Compartilhe: Twitter

Um cardápio bem variado de filmes independentes vai estar disponível para os assinantes da Net com acesso ao NOW durante o mês de outubro. Serão 50 filmes com preços entre R$ 2,45 e R$ 4,95. Tem produções vencedoras do Oscar e filmes que integraram a programação de festivais como Berlim e Cannes. Muitos nem sequer foram exibidos nos cinemas brasileiros.

Entre os destaques podemos citar o drama iraniano “Táxi Teerã” (2015), de Jafar Panahi, vencedor do Urso de Ouro de Berlim, em 2015. No filme, o diretor cruza as movimentadas ruas da capital conversando com passageiros. Humor e drama se misturam nas discussões sobre a política, os costumes locais e a liberdade de expressão. Outro longa imperdível é “Pasoline” (2014), de Abel Ferrara, com Willem Dafoe, Riccardo Scamarcio e Maria de Medeiros. A produção retrata os últimos dias de vida do polêmico diretor italiano Pier Paolo Pasolini, vivido por Dafoe. Indicado na categoria Melhor Atriz no Oscar 2016, o filme “45 anos” (2015), de Andrew Haigh, conta a história de um casal que planeja a festa de comemoração de seus 45 anos de casamento quando recebe uma notícia que poderá mudar o curso de suas vidas para sempre.

Cena de "Táxi Teerã"

Cena de “Táxi Teerã”

Outra produção muito recomendável que concorreu ao Oscar é o colombiano “O Abraço da Serpente” (2015), de Ciro Guerra, que mostra o último sobrevivente de uma tribo na Amazônia colombiana que trabalha com dois exploradores ao longo de 40 anos em busca de uma rara planta medicinal. Também concorrente a melhor filme estrangeiro, o francês “Cinco Graças” (2016), de Deniz Gamze, relata a história de cinco irmãs que lutam pela sua liberdade e tentam resistir ao seu destino. Com três indicações ao Oscar, entre elas de Melhor Atriz e Melhor Filme, “Brooklin” (2015), de John Crowley fala sobre uma jovem irlandesa que tem seu coração dividido entre o país de origem e os EUA, para onde se mudou em busca dos seus sonhos.

Confira a lista de filmes que são atração em outubro no NOW:

“O Preço da Fama” (2014), de Xavier Beauvois

“Táxi Teerã” (2015), de Jafar Panahi

“Picasso e o Roubo da Monalisa” (2012), de Fernando Colomo

“Pasolini” (2014), de Abel Ferrara

“45 anos” (2015), de Andrew Haigh

“Retorno a Ítaca” (2014), de Laurent Cantet

“Club Sandwich” (2013), de Fernando Eimbcke

“O Capital Humano” (2013), de Paolo Virzi

“Garota Sombria Caminha Pela Noite” (2014), de Ana Lily Amirpour

“Três Lembranças da Minha Juventude” (2015), de Arnaud Desplechin

“As Memórias de Marnie” (2014), de Hiromasa Yonebayashi

“Pecados Antigos, Longas Sombras” (2014), de Alberto Rodriguez

“Numa escola de Havana” (2014), de Ernesto Daranas

“Party Girl” (2014), de Marie Amachoukeli, Claire Burger e Samuel Theis

“Amor, drogas e Nova York” (2014), de Ben Safdie e Joshua Safdie

“Dois Amigos” (2015), de Louis Garrel

“Labirinto de Mentiras” (2014), de Giulio Ricciarelli

“Victoria” (2015), de Sebastian Schipper
“O Cheiro da Gente” (2014), de Larry Clark
“White God” (2014), de Kornél Mundruczó
“Suite Francesa” (2014), de Saul Dibb
“Verão da Lata” (2014), de Tocha Alves e Haná Vaisman
“Uma Nova Amiga” (2014), de François Ozon
“O abraço da serpente” (2015), de Ciro Guerra
“Sabor da Vida” (2015), de Naomi Kawase
“Cinco Graças” (2016), de Deniz Gamze
“Astrágalo” (2015), de Brigitte Sy
“A Marcha” (2013), de  Nabil Ben Yadir

Premiado na mostra Um Certo Olhar em Cannes, o filme "Ovelha Negra" é um dos destaques do cardápio de filmes indies do Now

Premiado na mostra Um Certo Olhar em Cannes, o filme “Ovelha Negra” é um dos destaques do cardápio de filmes indies do Now

“A ovelha negra” (2015), de Grímur Hákonarson

“Mia Madre” (2015), de Nanni Moretti

“Fique Comigo” (2015), de Samuel Benchetrit

“Tudo Vai Ficar Bem” (2015), de Wim Wenders

“Conspiração e Poder” (2015), de James Vanderbilt

“Brooklin” (2015), de John Crowley

“A Linguagem do Coração” (2014), de Jean-Pierre Améris
“História da Minha Morte” (2013), de Albert Serra

“Tangerine” (2015), de Sean Baker

“Desajustados” (2015), de Dagur Kári

“Paulina” (2015), de Santiago Mitre

“Fogo no Mar” (2016), de Gianfranco Rosi

“Body” (2015), de Gianfranco Rosi e Malgorzata Szumowska

“Para o Outro Lado” (2015), de Kiyoshi Kurosawa

“O Novíssimo Testamento” (2015), de Jaco Van Dormael

“Eu Sou Ingrid Bergman” (2015), de Stig Bjorkman

“O Que Eu Fiz Para Merecer Isso?” (2014), de Patrice Leconte

“É o Amor” (2015), de Paul Vecchialii

“A Assassina” (2015), de Hsiao-Hsien Hou

“O Senso de Humor” (2015), de Maryline Canto

“Um Dia Perfeito” (2015), de Fernando León de Aranoa

“Um Brinde à Vida” (2014), de Jean-Jacques Zilbermann

Autor: Tags:

Nenhum comentário, seja o primeiro.

 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios