Publicidade

Arquivo da Categoria Notícias

terça-feira, 7 de abril de 2015 Filmes, Notícias | 21:03

Nova comédia do diretor de “Gremlins” brinca com dificuldades de pôr fim a relação amorosa

Compartilhe: Twitter
Os atores Anton Yelchin e Ashley Greene  em cena de "Burying the ex"  (Foto: divulgação)

Os atores Anton Yelchin e Ashley Greene em cena de “Burying the ex”
(Foto: divulgação)

O diretor de preciosidades oitentistas e outras tantas matinês saborosas como “Gremlins” (1984), “Meus vizinhos são um terror” (1989) e “Pequenos guerreiros” (1998) está com filme novo na praça. Trata-se de “Burying the ex”, ainda sem título oficial no Brasil. Em tradução literal seria algo como “Enterrando a ex”. O filme é estrelado por Anton Yelchin (“Star Trek” e “Loucamente apaixonados”), Ashley Greene (“Crepúsculo”) e Alexandra Daddario (“True Detective”).

Joe Dante é um especialista em um tipo de cinema raro na atualidade. Aquele de humor fértil, irreverente e politicamente incorreto. Em “Burying the ex”, Yelchin vive Max. Um jovem em lua de mel com a namorada até o momento em que ela vai morar com ele. A partir de então, a vida dele passa a ser um inferno. Ele cogita acabar com tudo, mas não sabe como abordá-la para tal. Um acidente trágico, porém, põe tudo em suspensão. Com a namorada morta, Max passa por um rápido luto e volta a desfrutar da solteirice. Só que ele não contava que a namorada morta continuaria andando sobre a Terra e disposta a manter a relação. O trailer, que pode ser conferido abaixo, é bem engraçado e dá pistas de que Dante ainda não perdeu a mão. O filme estreia nos EUA em junho. No Brasil, ainda não há previsão de estreia oficial.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 2 de abril de 2015 Filmes, Notícias | 21:22

Refilmagem de “Poltergeist” ganha novo e assustador trailer; confira

Compartilhe: Twitter

polter

O filme que foi sensação na década de 80 ganha uma nova versão em 2015 com a chancela dos cineastas Sam Raimi (“trilogia “Homem-Aranha” e “A morte do demônio”) e Steven Spielberg. “Poltergeist: o fenômeno”, que teve sua estreia confirmada para o dia 4 de junho no Brasil, já constava da lista da coluna de filmes imperdíveis do ano e agora ganha um trailer cheio de clima que sugere um filme bem fiel ao original.

Dirigido por Gil Kenan o novo “Poltergeist” foca no drama de uma família suburbana que precisa lidar com espíritos demoníacos em sua casa. Com o recente sucesso de “Invocação do mal” (2013), que versa sobre o mesmo tema, a pressão sobe sobre a nova versão desse clássico oitentista.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 27 de março de 2015 Filmes, Notícias | 21:10

Divulgado o primeiro trailer de “007 contra Spectre”

Compartilhe: Twitter

Uma mensagem criptografada do passado de James Bond, recuperada em Skyfall, mansão que catalisou revelações do passado de Bond no último filme, coloca o espião no encalço da misteriosa organização que dá nome ao novo filme. O primeiro trailer do 24º filme do agente secreto a serviço de sua majestade prepara o clima e pouco revela. Mas mostra que Mr. White (Jesper Christensen), visto nos dois primeiros filmes da fase com Craig, estará de volta.

Daniel Craig (James Bond), Ralph Fiennes (M), Naomie Harris (Eve Moneypenny), Rory Kinnear (Bill Tanner), Ben Whishaw (Q), Dave Bautista (Hinx), Monica Bellucci (Lucia Sciarra), Léa Seydoux (Madeleine Swann) e Christoph Waltz (Oberhauser) compõem o elenco.

Alguma tensão no ar sugere que a pegada intimista e cerebral de “Operação Skyfall” (2002) serão mantidos. O filme estreia no Brasil em 29 de outubro.

Autor: Tags: , , ,

Notícias | 20:40

A moda pegou e Paramount anuncia universo “Transformers” no cinema

Compartilhe: Twitter
Cena de "Transformers: a era da extinção"  (Foto: divulgação)

Cena de “Transformers: a era da extinção”
(Foto: divulgação)

A Paramount está observando o que a Disney anda fazendo tanto com a Marvel, com seu universo coeso e consolidado no cinema, como com a LucasFilm, que já iniciou o processo de expansão de “Star Wars” com spin-offs da franquia principal. Olhando para o seu repertório, o estúdio viu em “Transformers”, franquia que já arrecadou quase U$ 4 bilhões nas bilheterias mundiais com seus quatro filmes, o melhor candidato para construir um universo no cinema.

Segundo noticiou o Deadline, o estúdio mobilizou Steven Spielberg (produtor executivo da franquia desde o primeiro filme), Akiva Goldsman (produtor e roteirista de filmes como “Uma mente brilhante” e “O código Da Vinci”) e Lorenzo di Bonaventura (produtor dos quatros filmes) para discutir com Michael Bay (diretor dos quatro filmes) alternativas para expandir o universo. Vale lembrar que em 2014, a franquia foi reiniciada com “Transformers: a era da extinção”, protagonizado por Mark Wahlberg, que cravou a maior bilheteria mundial do ano.

Leia também: Michael Bay manda mensagem subliminar no quarto “Transformers”

A ideia é que além desta série principal, cuja sequência também deve ser protagonizada por Wahlberg e dirigida por Bay, haja spin-offs com personagens como Optimus Prime, Bumblebee, entre outros.

É cedo para medir os efeitos da ideia, mas o time reunido para cultivá-la é dos melhores e a franquia, como mostram os explosivos números de bilheteria, tem potencial para render muitos filmes. Aguardemos cenas dos próximos capítulos!

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 20 de março de 2015 Filmes, Notícias | 07:00

O sexo pode matar em “It follows”, filme de terror mais celebrado do ano

Compartilhe: Twitter

It follows 2Exaltado como o melhor filme da semana da crítica no festival de Cannes em 2014 e celebrado como uma das melhores produções exibidas no festival de Sundance 2015, “It follows”, que no Brasil deve se chamar “Corrente do mal” é destacado pela crítica internacional como o melhor filme de terror em muitos anos. Não é um rótulo que se vê por aí todo dia.

O filme de David Robert Mitchell, que estreou na sexta-feira 13 nos Estados Unidos, trata de um fenômeno sobrenatural. Uma criatura maligna que persegue jovens hipersexualizados. Ok, você já viu esse filme antes? Não exatamente. “It follows” remexe nos clichês. A tal da criatura do mal, inominada, pode assumir qualquer forma. Seja a de um vampiro, um demônio ou da sua mãe, do seu chefe e não irá sossegar até te matar. O x da questão está em como se desvencilhar da criatura.

Depois de um bom sexo casual, a jovem Jay (Maika Monroe) é avisada pelo seu parceiro de que uma criatura iria persegui-la a partir daquele momento, a qualquer momento, até matá-la. A princípio, trata-se de uma atualização da velha pecha moralista dos filmes de terror de serem contrários ao sexo, mas Mitchell, que também é responsável pelo roteiro, revoluciona esse clichê engessado dando ao sexo o poder de neutralizar a ameaça do mal. “O mais legal é que se você vira um alvo a partir do ato sexual é também por ele que você pode transferir essa maldição”, observou o diretor em entrevista coletiva realizada em Sundance. Alguém pensou em analogias com doenças sexualmente transmissíveis? “É uma leitura possível desse assustador e inteligente filme”, assinalou o New York Times em sua crítica. “Você não verá algo mais aterrorizante neste ano”, cravou a revista inglesa especializada em cinema Total Film.

Portanto, é apenas pelo ato sexual que Jay pode se livrar da maldição adquirida em uma noite de sexo casual.  Essa mistura de excitação e terror não vingava no cinema desde “Pânico” (1996). Ainda não há previsão de estreia para “It follows” no Brasil, mas os dois trailers abaixo podem deixar o leitor na expectativa.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 19 de março de 2015 Curiosidades, Filmes | 19:54

Vídeo reúne primeiro e último planos de vários filmes

Compartilhe: Twitter

Um mimo para os cinéfilos.  Vindo de outro cinéfilo. O americano Jacob T. Swinney editou um vídeo de pouco mais cinco minutos destacando os primeiros e últimos planos de vários filmes como “O mestre”, “Ela”, “Cisne negro”, “Rastros de ódio”, “Touro indomável”, “Boyhood”, “Antes do amanhecer”, “Violência gratuita”, “Nebraska”, “Onde os fracos não têm vez”, “Clube da luta”, “Birdman”, “O lado bom da vida”, “Gravidade”, “Garota exemplar”, entre outros.

É interessante observar como muitos cineastas pensam em uma relação direta entre o primeiro e o último planos de seus filmes.

É uma pequena demonstração da genialidade de gente como John Ford, Alejandro González Iñárritu, David Fincher e Martin Scorsese e, também, de como o cinema comporta beleza e se reveste de sentido mesmo nas contraposições mais simplórias.

Autor: Tags:

quarta-feira, 18 de março de 2015 Curiosidades, Filmes | 21:01

Elenco de “Uma Linda mulher” se reúne 25 anos depois do lançamento do filme

Compartilhe: Twitter

Existem alguns filmes que marcam época e entram para os anais do cinema. “Uma linda mulher” (EUA, 1990), uma versão urbana de Cinderela, é um desses filmes. Maior êxito da carreira do diretor Garry Marshall, “Uma linda mulher” deu a Julia Roberts, além de uma indicação ao Oscar de melhor atriz, seu status de estrela hollywoodiana. O filme devolveu a Richard Gere o status de galã perdido em meados dos anos 80.

Mais recentemente, tanto Gere quanto Roberts demonstraram exaustão com o filme. Gere chegou a dizer em uma entrevista que o filme era “o menos favorito” dos que fez. Já Roberts confessara em um programa da TV estar cansada de responder perguntas sobre o filme. No entanto, Gere e Roberts, além do diretor e dos atores Hector Elizondo e Laura San Giacomo, se reuniram nesta quarta-feira para a gravação de um especial sobre os 25 anos do filme que será exibido em um programa da TV americana na próxima terça-feira. A reunião do elenco acontece no momento em que se confirma que o filme será adaptado para um musical da Broadway.

“Uma linda mulher” é um romance que tem tudo no lugar certo. A nostalgia, imperativa, nos obriga a dizer que é o tipo de filme que não se faz mais hoje. Não é o caso, mas quando nos pegamos ouvindo “Pretty woman” não conseguimos nos desviar dessa sensação. Talvez Gere e Roberts tenham sido tomados pelo mesmo espírito nostálgico.

foto 222

Foto: reprodução/NBC

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 14 de março de 2015 Filmes, Notícias | 19:56

Documentário analisa o boxe por meio de personagens como Tyson e Holyfield

Compartilhe: Twitter

É consensual que o MMA hoje mobiliza muito mais atenção do que o boxe. O esporte que é uma forma de arte, como certa vez cunhou o grande jornalista Norman Mailer, anda desprestigiado. Por isso, o documentário “Champs”, cujo trailer pode ser conferido abaixo, chama a atenção.

O filme foca nas carreiras dos pugilistas Mike Tyson, Evander Holyfield e Bernard Hopkins, mas oferece um painel sobre o esporte. O filme traz depoimentos de gente como Mark Wahlberg, 50 Cent, Denzel Washington e Ron Howard, que dirigiu o filme “A luta pela esperança”, além de uma série de especialistas no assunto. “É o sonho americano e o pesadelo americano. Um soco pode pôr tudo a perder”, observa Denzel, fã confesso do esporte.

O lançamento do filme nos cinemas americanos ocorre neste fim de semana.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 13 de março de 2015 Filmes, Notícias | 20:55

Martin Scorsese vai dirigir filme sobre Mike Tyson

Compartilhe: Twitter
Da esquerda para a direita: Jamie Foxx, Mike Tyson e Martin Scorsese (Foto: divulgação)

Da esquerda para a direita: Jamie Foxx, Mike Tyson e Martin Scorsese
(Foto: divulgação)

O ator Jamie Foxx (“Miami vice” e “Ray”) divulgou nesta sexta-feira que levou à Paramount, estúdio que atualmente detém um contrato de exclusividade com Martin Scorsese, um projeto que lhe é muito caro. Uma biografia sobre Mike Tyson dirigida por Martin Scorsese. “Será o primeiro filme de boxe dirigido por Martin Scorsese desde ‘Touro indomável’”, revelou o ator ao site Uproxx. Ainda não há confirmação oficial, mas se Foxx já está anunciando o projeto como certo, tudo indica que o convite foi aceito por Scorsese e a Paramount deu sinal verde para a produção.

Foxx detém os direitos da autobiografia de Tyson, “Undisputed truth”, lançada em 2012 desde o ano passado e já corria em Hollywood o papo de que esse era o projeto dos sonhos do ator. Com Scorsese no comando, torna-se o projeto do sonho de quem quer que goste de cinema.

O ator vai interpretar Tyson, de quem é amigo pessoal. Não é claro, porém, se o filme será baseado no livro ou se será apenas um recorte deste. A pré-produção da fita deve começar ainda em 2015.

Autor: Tags: , , , ,

Bastidores, Curiosidades | 19:29

As verdades por trás do documentário sobre Rihanna

Compartilhe: Twitter
reprodução/ Harper´s Bazaar

reprodução/ Harper´s Bazaar

Peter Berg, diretor por trás de filmes bacanas como “O grande herói” (2012), “O Reino” (2007) e “Hancock” (2008) será o responsável pela direção de um documentário sobre a vida da cantora Rihanna. A ideia dos produtores é fazer um filme na linha de “Don´t look back” (1967), icônico documentário sobre uma turnê de Bob Dylan pela Inglaterra. Segundo o site Deadline, o primeiro a obter a informação de que o filme estava sendo produzido, trata-se de “um olhar sem censura sobre a vida de Rihanna e de como ela se transformou em um ícone global”. Peter Berg disse que o que o estimula na produção é “fazer um estudo de personagem”. Pois bem, seria a primeira vez que ele se ocuparia disso, já que em seus demais filmes, todos ficcionais, ele não tinha a menor preocupação em desenvolver seus personagens.

iG On: Documentário sobre a vida de Rihanna está sendo produzido e terá diretor de “Battleship” 

O projeto faz parte do portfolio inicial da Film 45, uma produtora que Berg está lançando e que terá como foco o desenvolvimento de entretenimento sem roteirização prévia para TV, cinema e outras plataformas (leia-se internet). Um filme sobre a vida de Rihanna, nesse sentido, faz mais pela promoção da produtora do que pela cantora ou pelo cinema. Apesar de seu status pop e de ser uma ótima cantora, Rihanna não tem a reverberação de um Bob Dylan, para nos atermos na referência, e documentários oportunistas sobre Justin Bieber e One Direction minaram os efeitos desse tipo de produção sobre o público médio. Difícil crer que Berg seja capaz de entregar algo como “A música segundo Tom Jobim” (2012), excepcional filme de Nelson Pereira dos Santos sobre o espírito da obra do genial compositor brasileiro.

O filme sobre Rihanna, que ainda não foi batizado, pode até beirar um “Na cama com Madonna” (1991), devido ao forte apelo sexual da musa caribenha, e dessa maneira ser um passo além no autoimposto desafio de Riri de ser a “Madonna negra”.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 18
  4. 19
  5. 20
  6. 21
  7. 22
  8. 30
  9. Última