Publicidade

Posts com a Tag Baywatch

segunda-feira, 5 de junho de 2017 Análises | 16:00

A guerra do estúdios ao site Rotten Tomatoes e a restabelecida energia da crítica de cinema

Compartilhe: Twitter

Paramount e Disney abrem fogo contra o site agregador de críticas Rotten Tomatoes e falam em cancelar sessões para a imprensa de seus grandes lançamentos. Mas essa “guerra” não é essencialmente nova em Hollywood

via GIPHY

É um tanto comum a percepção de que a crítica de cinema é uma arte moribunda. Muito pouca gente se abaliza por uma crítica na hora de ir ao cinema ou escolher um filme para assistir. Se internet e redes sociais hoje são senhoras do hype, um fenômeno interessante envolvendo a crítica de cinema aconteceu: o site agregador de críticas Rotten Tomatoes passou a servir como uma referência. É justamente essa referência, e a crítica por tabela, que estão no centro de uma polêmica envolvendo alguns dos principais estúdios de cinema.

Leia também: “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar” prepara adeus a Jack Sparrow

Paramount e Disney culparam o Rotten Tomatoes pelo pífio desempenho comercial de “Baywatch”, do primeiro, e “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar”, do segundo, nos cinemas. Na lógica desses estúdios a baixa aprovação crítica, “Baywatch” tem cotação de 19% enquanto “A Vingança de Salazar” tem pouco mais de 40%, afugentou a audiência do cinema.

Leia também: Dwayne Johnson e Zac Efron esbanjam química nos bastidores de “Baywatch”

O Rotten Tomatoes tem, de fato, muitos problemas enquanto conceito. Ele parte do pressuposto que uma resenha se resume a avaliar positiva ou negativamente uma produção – uma demanda mais do público médio do que da crítica em si. A gradação é outro ponto questionado. Uma nota “C+” é alinhada entre as críticas positivas enquanto um “B-“, nitidamente uma nota superior, entre as negativas.  Ainda assim, a queixa dos estúdios não procede.

"Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar" não emplacou junto a crítica e vai mais ou menos na bilheteria

“Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar” não emplacou junto a crítica e vai mais ou menos na bilheteria

É sintomático em uma indústria que prioriza o seguro em detrimento do risco e aposta em franquias e histórias consolidadas, que grande parte dos lançamentos de uma temporada naufrague. Com produções cada vez mais caras – “Piratas” custou US$ 320 milhões e o “barato” Baywatch”, US$ 69 milhões -, a necessidade dos estúdios produzirem sucessos também é cada vez maior.

O público sabe o que quer e o que não quer. Um quinto “Piratas” desperta menos curiosidade do que o primeiro “Mulher – Maravilha”. Nesse sentido, o Rotten Tomatoes, que sustenta a exagerada marca de 93% de aprovação para o filme de Patty Jenkins, nada mais é do que um reflexo do interesse do público. Ainda que todos esses filmes gozem de menos prestígio junto à crítica do que “Corra!”, um hit do cinema independente que já amealhou mais de US$ 200 milhões nas bilheterias dos EUA.

Leia também: “Mulher-Maravilha” é acerto da Warner em Hollywood, no cinema e na vida

A Paramount ameaçou não fazer sessões de seus filmes para a imprensa. Puro recalque, diria Valesca Popozuda. O problema não é a crítica. O problema é a qualidade dos filmes e, ainda que com conotação negativa para os estúdios, a percepção e critério mais sofisticados da audiência em relação à variedade de opções no cinema. A ideia de sabotar a crítica de cinema paira já há algum tempo, mas imbróglios como esse inadvertidamente acabam por fortalecê-la.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 19 de maio de 2016 Notícias | 23:11

Curtinhas – Contagem regressiva para “Baywatch”, “The Neon Demon” em Cannes e “Loucas pra Casar” na TV paga

Compartilhe: Twitter

“Baywatch” vem aí

#bayday postcard

Faltam exatos 365 dias para “Baywatch” ser lançado nos cinemas de todo o mundo. Para marcar a contagem regressiva para a estreia, a Paramount liberou a primeira imagem do filme, um postcard do elenco e batizou o dia de hoje como #bayday nas redes sociais.

Dwayne “The Rock” Johnson vive o salva-vidas Mitch Buchannon e Zac Efron interpreta o insubordinado recruta Matt Brody. Apesar das desavenças, os dois se unem quando descobrem uma conspiração criminosa local que ameaça o futuro da baía.

O elenco também conta com Alexandra Daddario, Priyanka ChopraIlfenesh Hadera e Hannibal Buress. A direção é de Seth Gordon (“Quero Matar Meu Chefe”).

Sucesso do cinema nacional chega ao Megapix

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Um dos maiores sucessos do cinema nacional em 2015 e a última comédia a romper a marca dos três milhões de espectadores, “Loucas pra Casar” é atração do Megapix nesta sexta-feira (20). O filme estreia às 22h30. Na trama, Malu (Ingrid Guimarães) namora o homem dos seus sonhos, Samuel (Márcio Garcia). Mas, como não há sinais de que um pedido de casamento virá, ela começa a desconfiar que ele tenha uma amante. Após contratar um detetive particular, ela descobre outras duas mulheres na vida de Samuel: a dançarina de boate Lúcia (Suzana Pires) e a fanática religiosa Maria (Tatá Werneck). Agora, as três vão disputar o coração dele. A direção é do especialista em comédias Roberto Santucci (“O Candidato Honesto” e “De Pernas pro Ar”).

Polarização em torno do novo filme de Nicolas Winding Refn

O novo filme do cineasta dinamarquês teve première nesta quinta-feira (19) em Cannes e a reação foi, no mínimo, conturbada. Muitas vaias e xingamentos na sessão para a imprensa foram relatados, mas muitas críticas positivas surgiram na imprensa internacional. “The Neon Demon” é uma sátira com toques de horror à indústria da moda com as variações estéticas características de Refn. Com cenas de canibalismo, necrofilia e muita nudez feminina, o filme já é um dos acontecimentos da edição de 2016 do festival francês.

Documentário sobre Janis Joplin estreia em julho no Brasil

“Janis: Little Girl Blue”, filme dirigido pela americana Amy J. Berg, estreia nos cinemas do País em 7 de julho. Com trânsito por festivais mundo afora, como Veneza, Toronto e Londres, o filme revela a história de um dos maiores ícones do rock n’ roll nos anos 60. A produção aborda, inclusive, a única passagem de Joplin pelo Brasil.

“Raça”, filme sobre o lendário corredor Jesse Owens, ganha trailer legendado

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Mais que uma busca por medalhas e recordes, o filme “Raça” (Race, Canadá/2016), drama que conta a trajetória de Jesse Owens – um dos maiores atletas da história revelado nos Jogos Olímpicos de 1936, em Berlim, Alemanha – ganha o seu primeiro trailer legendado. O longa biográfico, dirigido por Stephen Hopkins (“Colheita do Mal”) e estrelado por Stephan James (“Selma: Uma Luta Pela Igualdade”), chega aos cinemas brasileiros no dia 16 de junho.

 

Autor: Tags: , ,