Publicidade

Posts com a Tag Como Eu Era Antes de Você

quinta-feira, 23 de junho de 2016 Críticas, Filmes | 16:57

Honesto e apaixonante, “Como Eu Era Antes de Você” é elogio do amor possível e de suas possibilidades

Compartilhe: Twitter
O amor como janela para a vida: personagens verdadeiros e contraditórios (Fotos: Divulgação)

O amor como janela para a vida: personagens verdadeiros e contraditórios
(Fotos: Divulgação)

É uma verdade um tanto dolorosa essa de que uma relação amorosa está inexoravelmente fadada ao fim, mas que ela contribuirá decisivamente para o ser humano que você se tornar depois dela. “Como Eu Era Antes de Você” (EUA 2016), já em seu título, entrega seu deslocamento em relação a um típico romance hollywoodiano. Adaptado do best-seller homônimo de Jojo Moyers pela própria autora e dirigido com sensibilidade por Thea Sharrock, o filme tem o mérito incomum de desenvolver um romance a partir do interesse que nutre pela verdade de seus personagens. A atenção a essa logística narrativa faz toda a diferença. E o vínculo romântico entre Lou (Emilia Clarke, mais radiante e cativante do que nunca) e Will (Sam Clafin) jamais surge como o destino da narrativa, e sim como sua jornada.

Ela, uma moça simplória do subúrbio inglês, dona de um senso fashion exótico, ingênua e genuinamente bem intencionada, por força das circunstâncias, acaba indo trabalhar como cuidadora dele. Um jovem promissor do mercado financeiro que teve sua vida transformada abrupta e definitivamente por um acidente que o deixou tetraplégico. Will é compreensivelmente amargo. Ele apenas “existe”, em suas próprias palavras. O filme salpica minúcias aqui e ali que tornam a inicialmente difícil convivência entre Will e Lou muito mais convidativa para o olhar do espectador.

“Amei ver o romance se desenvolver”, diz diretora sobre o que a atraiu em “Como Eu Era Antes de Você”

Ele, por exemplo, fez um arranjo com seus pais de ficar mais seis meses com eles e, depois disso, tirar sua vida na Suíça (país em que a eutanásia é legalizada). A chegada de Lou, espera a mãe de Will – vivida com a habitual energia por Janet McTeer – pode fazer com que ele mude de ideia.

ME BEFORE YOU“Como Eu Era Antes de Você”, naturalmente, convida às lágrimas. Mas não há subterfúgios narrativos para tal. O filme é de uma honestidade tremenda; até mesmo em flagrar os preconceitos, contradições e defeitos de seus personagens. Há muito romantismo no desfecho, plenamente concebível e, justamente por isso, mais poderoso ainda.

Clafin é uma grata surpresa na pele de Will. O verniz que dá à amargura do personagem não se impõe ao brilho dos olhos que brilham mais intensos conforme seu personagem se deixa contagiar pela graciosidade de Lou. Clarke, por seu turno, é uma atriz exuberante e que reveste sua Lou de pequenas belezas que a tornam irresistível também aos olhos do público.

“Como Eu Era Antes de Você” é um dos melhores filmes de 2016 porque é um romance que funde tristeza à felicidade sem idealizar o amor, mas elogia-o no limite do possível e, ao fazê-lo, se firma como um alicerce romântico dos mais perenes, cativantes e significativos. É um filme para se amar para sempre.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 21 de junho de 2016 Notícias | 22:56

Público brasileiro garante maior bilheteria de abertura de “Como Eu Era Antes de Você” no mercado internacional

Compartilhe: Twitter
Foto: divulgação

Foto: divulgação

“Como Eu Era Antes de Você” alcançou mais um recorde em seu final de semana de abertura. Além de liderar a bilheteria nacional em seu primeiro final de semana em cartaz, no Brasil o longa conquistou a maior abertura dentre todos os mercados internacionais (que exclui os Estados Unidos), arrecadando R$11,5milhões e levando cerca de 754 mil pessoas aos cinemas.

A marca alcançada pelo público brasileiro impressiona, pois “Como Eu Era Antes de Você” ficou a frente do Reino Unido, terra natal da escritora Jojo Moyes e do casal de protagonistas Emilia Clarke e Sam Claflin.

Até o momento, contando com as pré-estreias realizadas, o filme já soma R$15.336.458 milhões e levou 1,070,331 pessoas ao cinema

NervePrimeira produção nacional da Diamond Films

“Pequeno Segredo” (Little Secret, Brasil/Nova Zelândia, 2016), primeiro filme nacional da Diamond Films Brasil, chega aos cinemas de todo o País no dia 10 de novembro. Dirigido por David Schurmann (“O Mundo em Duas Voltas”), o longa metragem de ficção também tem previsão de lançamento em toda a América Latina.

O filme revela a força do amor no destino de duas famílias. Ao adotar Kat, o casal Schurmann convive com a delicada escolha de manter ou não um segredo que vai além da adoção. A família é internacionalmente reconhecida por suas travessias ao redor do mundo a bordo de um veleiro.

Verdade ou desafio do mal

Com estreia marcada para 25 de agosto, “Nerve – Um Jogo Sem Regras”, traz Emma Roberts é uma estudante do ensino médio que não gosta de chamar atenção e sonha com o dia em que entrará na faculdade. Mas, cansada de ser vista como a garota que não se arrisca na vida, ela decide participar do jogo online “Nerve – Are you a Watcher or a Player?” (Você é um observador ou um jogador?). Para a surpresa de todos, ela escolhe ser jogadora, acreditando ser um jogo inofensivo, até descobrir que todos os seus passos e atos são vistos e manipulados por uma comunidade anônima de hackers.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 14 de junho de 2016 Bastidores, Filmes | 22:10

“Amei ver o romance se desenvolver”, diz diretora sobre o que a atraiu em “Como Eu Era Antes de Você”

Compartilhe: Twitter
Foto: divulgação

Foto: divulgação

Uma das principais estreias deste fim de semana nos cinemas brasileiros, “Como Eu Era Antes de Você” ganhou um vídeo em que a diretora Thea Sharrock, a autora da obra original e roteirista do filme Jojo Moyes e o elenco da produção comentam sobre as motivações dos personagens e os pormenores da história de amor da temporada.

Para a atriz Emilia Clarke, de “Game of Thrones”, que dá vida a Louisa “Lou” Clark, contratada para ser a cuidadora de Will (Sam Caflin), paralítico após um acidente, um dos trunfos do filme é apresentar uma solução completamente diferente do que as pessoas esperam. “Quando o filme começa todo mundo pensa que é Lou quem deve salvar Will e o que ocorre é exatamente o contrário”.

Para Sharrock, a força da história criada por Jojo Moyes reside na evolução dos sentimentos dos personagens. “Eu simplesmente amei ver o romance se desenvolver”.

Autor: Tags:

sexta-feira, 10 de junho de 2016 Sem categoria | 16:30

Boas opções de filmes para assistir nos cinemas e em casa

Compartilhe: Twitter

Mês da diversidade sexual com bons filmes

Em homenagem ao Dia Internacional do Orgulho LGBT, comemorado no dia 28 de junho, o canal Max prepara uma programação exclusiva. Os filmes “Gerontofilia”,” Ludwig Segundo”, “O Casamento Gay em Julgamento”, “Irmãos Desastre”,” Café da Manhã em Plutão”, “ O Amor É Estranho” e “Tom na Fazenda” prometem agradar aos mais diferentes gostos. São sete histórias carregadas de romance, drama e comédia.

Mais informações podem ser conferidas no site do canal (WWW.hbomax.tv)

Para Sempre Alice estreia na HBO

O filme que rendeu um merecido e adiado Oscar a Julianne Moore, “Para Sempre Alice”, finalmente estreia na TV por assinatura. O premiado drama estreia na HBO no sábado (25). Confira a crítica do Cineclube aqui.

O maior mito fashion devassado

Foto: divulgação

Foto: divulgação

O documentário “Kate Moss”, dirigido por Peter Tarshis em 1990, retrata a trajetória de vida e a carreira da supermodel inglesa Kate Moss, que teve seu rosto associado com as grandes grifes como Gucci, Calvin Klein, Cavalli, Dolce & Gabbana, Louis Vitton e YSL. Ela foi capa de grandes revistas de moda e beleza, além de ditar as principais tendências da moda. A produção mostra a inglesa aos 30 anos, já como mãe e segunda modelo mais bem paga da indústria da moda.

Bio Arte 1

Dia 12/6 às 21h

Fim de semana de romance

Para capitalizar em cima do fim de semana do dia dos namorados, a Warner Bros. Pictures programou pré-estreias pagas de “Como Eu Era Antes de Você”, em cinemas de todo o país, entre hoje e o dia 12 de junho. O longa, baseado no best-seller de Jojo Moyes, leva para as telonas uma história de amor que promete emocionar a todos.

Louisa “Lou” Clark (Emilia Clarke) vive em uma pitoresca cidade de campo inglesa. Sem direção certa em sua vida, a criativa e peculiar garota de 26 anos vai de um emprego a outro para tentar ajudar sua família com as despesas. Seu jeito alegre, no entanto, é colocado à prova quando enfrenta o novo desafio de sua carreira.

Ao aceitar um trabalho no “castelo” da cidade, ela se torna cuidadora e acompanhante de Will Traynor (Sam Claflin), um banqueiro jovem e rico que se tornou cadeirante após um acidente ocorrido dois anos antes, mudando seu mundo dramaticamente em um piscar de olhos. Não mais uma alma aventureira, mas o agora cínico Will, está prestes a desistir. Isso até Lou ficar determinada a mostrar a ele que a vida vale ser vivida. Embarcando juntos em uma série de aventuras, Lou e Will irão obter mais do que esperavam e encontrarão suas vidas — e corações — mudando de um jeito que não poderiam ter imaginado.

Mais romance no fim de semana com comédia indie

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Já está em cartaz nos cinemas de São Paulo, Santos, Barueri, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Porto Alegre,Belo Horizonte, Fortaleza, Brasilia, Salvador, Recife e João Pessoa a comédia “Casamento de Verdade”, que traz a outrora estrela em ascensão Katherine Heigl de volta à tela grande. A produção acompanha a relação dela com a personagem de Alexis Bledel e de como a decisão das duas de trocar votos e alianças afeta a família delas.

Autor: Tags: , , ,