Publicidade

Posts com a Tag Daniel Day Lewis

terça-feira, 20 de junho de 2017 Atores, Notícias | 17:46

Daniel Day Lewis revela que vai se aposentar do cinema

Compartilhe: Twitter

Três vezes vencedor do Oscar, o ator britânico Daniel Day Lewis vai parar de atuar. O desejo, externado a amigos, foi confirmado pelo agente do intérprete à revista Variety.

O ator Daniel Day Lewis

O ator Daniel Day Lewis

Daniel Day Lewis” não vai mais trabalhar como ator. Ele é imensamente grato a seus colaboradores e espectadores por tantos anos. Essa é uma decisão particular e nem ele ou seus representantes vão falar mais sobre um assunto”, observou o agente ao periódico americano.

Leia também: Desgovernado, “A Múmia” erra tudo que pode e inicia mal o Dark Universe

Aos 60 anos e com uma carreira de quase quatro décadas, Day Lewis nunca foi um ator prolífero. São 29 créditos já computando o ainda inédito “Phanton Thread” – e previsto para ser lançado em dezembro nos EUA. O filme marca a nova colaboração com o cineasta Paul Thomas Anderson de “Sangue Negro”, notadamente um dos filmes americanos mais importantes do século. Day Lewis ganhou seu segundo Oscar pelo papel.

Sua última aparição no cinema também rendeu Oscar. Foi em ‘Lincoln” (2012), de Steven Spielberg. A parceria com cineastas consagrados foi uma constante na carreira do ator. Além dos já citados, fez dois filmes com Martin Scorsese e também atuou para Michael Mann, Jim Sheridan e Philip Kaufman.

Leia também: Tensões silenciosas movem o delicado e sugestivo “Mulher do Pai”

A carreira multipremiada de Daniel Day Lewis conta, ainda, com quatro triunfos no Bafta, dois no Globo de Ouro e mais de 130 prêmios. Esta não é a primeira vez que o ator expressa, ainda que em um círculo íntimo, o desejo de parar de atuar. A aposentadoria pode ser consagrada com uma quarta estatueta da academia, o que representaria recorde absoluto entre os homens. “Phanton Thread” já suscita burburinho de Oscar. O que só deve aumentar a partir de agora.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 5 de novembro de 2014 Bastidores, Curiosidades | 06:00

Quem deve interpretar Steve Jobs no cinema?

Compartilhe: Twitter

David Fincher queria Christian Bale para viver o Steve Jobs do filme que estava preparando para a Sony. Fincher não foi atendido pelo estúdio e acabou, também por outras razões, se afastando da produção, como o Cineclube já destacou aqui. Danny Boyle assumiu a cadeira de direção e Leonardo DiCaprio já estava apalavrado para ser o Jobs de Boyle. Ele recuou. Christian Bale, para surpresa de quem acompanhava o imbróglio desde o início, aceitou participar do filme e interpretar o criador da Apple. Menos de duas semanas depois da confirmação, Bale declinou do convite. Sua oficialização, a bem da verdade, ficou no anúncio do roteirista Aaron Sorkin. Nenhum contrato foi assinado. Agora o estúdio abriu negociações com outro ator de prestígio e talento reconhecíveis, o alemão de ascendência irlandesa Michael Fassbender.

O ator Michael Fassbender iniciou conversas com a Sony para viver Jobs (Foto: reprodução/The wire)

O ator Michael Fassbender iniciou conversas com a Sony para viver Jobs
(Foto: reprodução/The wire)

Há quem diga que Fassbender não seria o candidato ideal por não ostentar nenhuma semelhança física com Jobs. Semelhança não é facilitadora para uma boa interpretação, como o próprio passado de Jobs no cinema demonstra. Que o diga Ashton Kutcher! Ajuda, mas não atrapalha. A produção já sinalizou, pelos atores que a rejeitaram, estar disposta a contar com um astro no papel. Talvez fosse o caso de experimentar um ator menos tarimbado, mas é compreensível a intenção do estúdio de contar com um peso-pesado à frente do elenco e um bom chamariz no cartaz.

Mas se Michael Fassebender, novo desejo do estúdio, não vingar, quem poderia ser Steve Jobs?

Um critério dominante deve ser a qualidade do ator. Nessa faixa-etária, acima dos 40 anos, duas boas apostas são Ralph Fiennes e Stanley Tucci. Enquanto o primeiro já é bem experimentado no drama (“O jardineiro fiel”, “A lista de Schindler”, “O grande hotel Budapeste”, entre outros), o segundo é mais próximo das comédias, mas quando exigido corresponde em fitas mais dramáticas como em “Um olhar do paraíso” (2008). Outra alternativa seria resgatar Liam Neeson dos filmes de ação. O ator, é bem verdade, está escalado para o novo de Martin Scorsese (“Silence”), mas seria uma adição de reconhecida envergadura dramática para um papel que exige maiores cuidados.

Stanley Tucci e Ralph Fiennes já contracenaram na comédia romântica "Encontro de amor", com Jennifer Lopez (Foto: divulgação)

Stanley Tucci (à direita) e Ralph Fiennes já contracenaram na comédia romântica “Encontro de amor”, com Jennifer Lopez
(Foto: divulgação)

Day Lewis como Jobs? Por que não?  (Foto: reprodução/Time)

Day Lewis como Jobs? Por que não?
(Foto: reprodução/Time)

O libanês Keanu Reeves talvez ganhasse pontos por uma semelhança, ainda que razoavelmente distante, com Jobs. Mas a inexpressividade dramática do ator poderia lhe ser desabonadora. Se expressividade for essencial, Daniel Day Lewis é o homem para o trabalho. Duro seria convencê-lo. Spielberg, que a princípio escalaria Liam Neeson para viver Abraham Lincoln em “Lincoln”, seu premiado filme de 2012, precisou de anos para convencer Day Lewis, oscarizado pelo personagem, a participar do filme. A Sony talvez não tenha o tempo ou a disposição.

Benedict Cumberbatch, ator tão talentoso quanto camaleônico, seria uma opção para combinar ousadia e conservadorismo. Cumberbatch, afinal, já deu vida à outra personalidade polêmica do mundo digital, o australiano Julian Assange em “O quinto poder”.

Especulações à parte, a Sony tem pressa na definição do intérprete de Steve Jobs. Até porque o filme adquire status de amaldiçoado enquanto sofre para sair do papel.

Autor: Tags: , , , , ,