Publicidade

Posts com a Tag Gus Van Sant

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 Atores, Notícias | 05:00

James Franco viverá ativista homossexual que vira evangélico anti-gay em “Michael”

Compartilhe: Twitter
Foto: Reprodução/Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

Não será a primeira vez que James Franco dará vida a um personagem homossexual no cinema. O ator, diretor, roteirista, produtor e explorador de tantas outras manifestações artísticas, no entanto, prepara sua mais barulhenta incursão pelo universo homossexual. Em “Michael”, filme atualmente em produção, Franco viverá o personagem título que vivia uma vida hedonista  ao lado do namorado (Zachary Quinto) e atuava em prol da causa gay com fervor na década de 90. Contudo, ele renegou essa vida e assumiu-se heterossexual após começar a frequentar uma igreja fundamentalista e professar que “encontrou sua sexualidade em Deus”.

Com forte potencial polêmico, o roteiro do filme – assinado por Justin Kelley e Stacey Miller – é baseado em um artigo publicado em 2011 no New York Times sob o título “My ex-gay friend”. É comum vermos pessoas que se reconhecem como heterossexuais assumirem-se gays e mesmo no cinema isso já foi abordado (como nos filmes “O golpista do ano” e “Toda  forma de amor”, entre tantos outros), mas o caminho inverso, além de incomum, representa um tabu de difícil aceitação no mundo gay e que gera desconfiança e abertura para debates acerca de preconceito, intolerância religiosa e tantas outras reminiscências de cunho social, cultural e psicológico. É possível deixar de ser gay? Não se sabe se o filme se enveredará por esse debate. Produzido por Gus Van Sant, cineasta homossexual assumido e responsável por filmes icônicos da cultura LGBT como “Garotos de programa” (1991) e “Milk – a voz da igualdade” (2008), é possível imaginar que algum debate o filme deseje suscitar. Talvez não exatamente este.

De qualquer maneira, pode-se esperar provocação do filme que marcará a primeira incursão de Justin Kelley na direção. O E! online noticiou que entre muitas cenas sensuais haverá uma cena de sexo a três entre Franco, Quinto e o ator Charlie Carver, que já faz um personagem gay na série de TV “Teen Wolf”.

Foto postada por James Franco em seu Instagram em que surge ao lado de Quinto e Carver

Foto postada por James Franco em seu Instagram em que surge ao lado de Quinto e Carver

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 Atores, Bastidores, Notícias | 22:30

Primeira imagem de Matthew McConaughey em “The sea of trees”

Compartilhe: Twitter

Matthew McConaughey ganhou um Oscar e ficou com gostinho de quero mais. O ator não dá sinais de que irá interromper a maré de trabalhos desafiadores, de grande envergadura dramática e ainda maior potencial para prêmios tão logo. Depois de enfileirar excelentes atuações nos filmes “O poder e a lei” (2011), “Killer Joe – matador de aluguel” (2011), “Obsessão” (2012), “Magic Mike” (2012), “Amor bandido” (2012), “O lobo de Wall Street” (2013), “Clube de compras Dallas” (2013) – pelo qual ganhou o Oscar de melhor ator – e na série da HBO “True detective”, McConaughey se prepara para lançar “Interstelar”, nada mais nada menos do que o primeiro filme de Christopher Nolan depois da conclusão da trilogia do cavaleiro das trevas. Muito ainda será falado sobre esse lançamento, marcado para novembro, aqui no Cineclube. Não obstante, o ator já está filmando “The sea of trees”, novo filme do aclamado Gus Van Sant (“Gênio indomável”, “Elefante” e “Milk – a voz da igualdade”).

Primeira imagem oficial do filme "The sea of trees" (Divulgação)

Primeira imagem oficial do filme “The sea of trees”
(Divulgação)

No filme, McConaughey faz um homem que flerta com a ideia de suicidar-se e viaja para um lugar conhecido como floresta do suicídio, que fica nas proximidades do Monte Fuji, no Japão. Esse lugar é visitado por pessoas desejosas de experiências existenciais. Lá ele acaba criando uma improvável amizade com o personagem de Ken Watanabe, que aparece ao fundo na foto.

As filmagens de “The sea of trees” devem acabar até o fim do ano. Há boatos de que Van Sant lance o filme no festival de Cannes de 2015 com a intenção de projetar a obra para a corrida pelo Oscar 2016. McConaughey, quem pode culpá-lo, não quer saber de largar o osso. “Tudo mundo vai sair do cinema e discutir os significados do filme e as distintas interpretações que ele enseja”, disse o ator, confiante, à revista Entertainment Weekly.

Autor: Tags: , , ,