Publicidade

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Curiosidades, Filmes | 06:00

“50 tons de cinza” tem recepção surpreendentemente positiva da crítica internacional

Compartilhe: Twitter
Foto: divulgação

Foto: divulgação

Talvez soe como uma surpresa para muitos, mas as primeiras impressões da crítica internacional – em especial da americana e da inglesa, sobre a adaptação cinematográfica de “50 tons de cinza” são para lá de positivas.  O consenso é de que o filme é superior ao livro. Apesar de críticas pouco amistosas às cenas de sexo, prevalece a percepção de que o filme emula o universo do sadomasoquismo com propriedade e sofisticação.

As comparações com o cult oitentista “9 e ½ semanas de amor” deram o tom das críticas das publicações Variety e The Hollywood Reporter. No Rotten Tomatoes, site que reúne todas as críticas feitas sobre um filme, “50 tons de cinza” estreou com 73% de avaliação positiva, o que o coloca entre os vinte melhores filmes avaliados no site e estamos em plena época do Oscar.

“O crédito vai para a diretora Sam Taylor-Johnson e para a roteirista, Kelly Marcel, que limaram as maiores falhas do primeiro livro do filme, mas preservaram a essência da narrativa”, anotou a crítica Elizabeth Weitzman do Daily News. Já o inglês Guardian elogia as elegantes opções da diretora para contextualizar o nascituro da relação entre Christian Grey e Anastasia Steele. Mais ácida, mas ainda elogiosa, a crítica do New York Post vaticina: “o filme nunca finge ser o que não é. Um pornô soft para mulheres diluído em uma classificação etária mais abrangente”.

Dissonante, a IndieWire reconheceu o esforço dos realizadores, mas ao demonizar a fonte, reconhece a dificuldade de ver no filme algo realmente palatável.  A Associated Press vai além. “Johnsson tem a missão impossível de juntar Lars Von Trier (diretor de “Ninfomaníaca”) com Nancy Meyers (diretora de filmes como “Alguém tem que ceder” e “Simplesmente complicado”) e ofertar um produto de apelo para as massas.

Autor: Tags:

3 comentários | Comentar

  1. 53 cristina nunes 23/02/2015 13:29

    Adorei o filme, parabéns os atores foram bem escolhidos e aguardo ansiosamente pelo próximo filme. Li o livre mas o filme é melhor.

    Responder
  2. 52 cristiane s.paiva 23/02/2015 8:42

    o filme é uma pocaria li os livros e gostei muito, estava com muita expectativa achando que o filme seri taõ bom quanto mas me decepcionei ,nao tem muito a ver com o livro ,o final não foi bom ,achei qu seria bem melhor.

    Responder
  3. 51 lenira 11/02/2015 16:07

    o livro é muito ruim. uma sucessão de cenas sadomasoquistas clichê com um fio de enredo. quem entrou nesse ’empreendimento cinematográfico’ não teria o que piorar. virou best-seller; provavelmente será um block-buster. Uma pena…

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios

Cancelar